O CD Fátima e o Estoril empataram, 2-2, em jogo da quinta jornada da Liga de Honra, com os quatro golos a serem obtidos na segunda parte.

Tal como aconteceu na jornada anterior, diante do Belenenses, o CD Fátima reservou para os seus adeptos uma segunda parte de grande nível, tendo sido bem acompanhado pelo Estoril.

Desta forma, é justo dizer-se que o jogo conheceu duas fases: uma que durou 55 minutos e a outra no que restou para os 90.

O golo de Paulo Sérgio, embora obtido contra a corrente de jogo, teve o condão de acordar as duas equipas.

O avançado poderia ter bisado 13 minutos depois, quando surgiu isolado perante Leão mas, na resposta, seria Yartey a colocar a bola no fundo da baliza, restabelecendo a igualdade.

Entre a possibilidade de alargar a vantagem e vê-la esfumar-se no falhanço de Paulo Sérgio e no erro do guarda-redes Cléber, o Estoril não vacilou lançando Tony Taylor.

O avançado norte-americano precisou apenas de 15 segundos para ficar na história do jogo, já que na primeira vez que tocou na bola fez golo.

Reagiram, uma vez mais, os ribatejanos, com Yartey a chegar ao segundo golo da sua conta pessoal.

Dado o mote com três golos em cinco minutos, o perigo continuou a rondar as balizas, com oportunidades para as duas equipas chegarem de novo ao golo.

No final, o empate parece não ter deixado ninguém satisfeito. O Estoril, porque esteve duas vezes na frente do marcador e o CD Fátima porque foi a equipa mais constante ofensivamente durante o jogo.

Jogo disputado no Estádio Municipal de Fátima, em Fátima.

Fátima – Estoril, 2-2.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:
0-1, Paulo Sérgio, 56 minutos.
1-1, Yartey, 70 minutos.
1-2, Tony Taylor, 73 minutos.
2-2, Yartey, 75 minutos.

Equipas:
- Fátima: Filipe Leão, Bruno Mestre, Veríssimo, Pina, Mário Rui, Jorge Neves (Rui Baião, 74), Edson Cruz, Moreira, José Coelho (Evandro Brandão, 64), Yartey e Mauro Bastos (Leandro Pimenta, 80).
(Suplentes: Hugo Pinheiro, Abel Pereira, Varela, Rui Baião, Leandro Pimenta, Evandro Brandão e Nuno Sousa).
Treinador: Diamantino Miranda.
- Estoril: Cléber, Anderson Luís, Luís Alberto, Lameirão, Jefferson, João Coimbra, Vinicius Reche (Nelsinho, 82), Tiago Costa (Erick, 66) Luciano Bebé, Paulo Sérgio (Tony Taylor, 73) e Alex Afonso.
(Suplentes: Vagner, Steven Vitória, Tiago Bernardi, Nelsinho, Erick, Clodoaldo e Tony Taylor).

Treinador: Marcos Correa.
Árbitro: Rui Silva (Vila Real).
Acção disciplinar: cartão amarelo para Alex Afonso (44), Luciano Bebé (49), Edson (58), Veríssimo (78 e 87), Pina (90). Cartão vermelho para Veríssimo (87).
Assistência: Cerca de 500 espectadores. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.