O CD Fátima venceu hoje o histórico Belenenses por 4-2, em encontro da quarta jornada da Liga de Honra em futebol, num jogo onde sobressaiu a dupla de avançados formada por Mauro Bastos e Nuno Sousa.
Começaram melhor os azuis do Restelo, com o central Baggio a aproveitar uma desatenção defensiva, logo aos seis minutos, para colocar a sua equipa em vantagem.
Pouco adaptados às condições do relvado, os ribatejanos não conseguiram esboçar a reacção desejada, perante um adversário com mais “músculo”. O cenário iria alterar-se totalmente no reatamento, com o sol a substituir as nuvens, e já com o maestro Rui Baião na batuta do meio-campo do CD Fátima.
O Belenenses recuou as suas linhas e deu espaço para os ribatejanos chegarem mais perto da área, quase sempre pelo flanco esquerdo. Mauro Bastos empatou, aos 54 minutos, e deu vantagem à sua equipa, aos 65, aproveitando erros de marcação da defensiva do Belenenses. O médio Miguel Rosa ainda tentou sacudir a pressão, empatando o jogo volvidos dois minutos.
Contudo, o jogo, nesta fase, desenvolvia-se a um ritmo frenético e apareceu Nuno Sousa, que “bisou” num espaço de três minutos, imitando o parceiro de ataque.
O quarto golo deixou marcas na equipa de Rui Gregório, que até ao final ainda tentou atenuar a desvantagem, mas seriam os locais a desperdiçaram mais duas ocasiões de golo.
Com esta vitória, o CD Fátima passa a somar seis pontos, ultrapassando o Belenenses, que tem cinco.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.