O Mafra, equipa que se estreou esta temporada nas competições profissionais e que ocupa o 22º lugar da II Liga, vai receber, até 2018, 300.000 euros por época pelos direitos de transmissão televisiva dos seus jogos.

"Celebrámos um acordo até 2018 com a empresa Publicidade de Portugal e Televisão, SA, que pertence à Olivedesportos, propriedade do senhor empresário Joaquim Oliveira. Penso que foi um bom acordo para o Mafra", revelou esta segunda-feira à agência Lusa José Cristo, presidente do clube.

Contas feitas, a Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (SDUQ) mafrense irá receber, durante três temporadas, a verba de 900 mil euros. Este acordo abrange a transmissão de cinco jogos caseiros do Mafra por época.

"Esta temporada já foi transmitido o jogo Mafra-Sporting B. No próximo dia 31 a PPTV vai transmitir o direto da partida entre o Mafra e o Portimonense, jogo da 27ª jornada da II Liga", adiantou José Cristo.

O presidente do Mafra está atento às fortes investidas no mercado protagonizadas por empresas como a MEO e a NOS, mas salienta que o clube da região saloia de Lisboa está satisfeito com o acordo já alcançado com a PPTV da Olidesportos. "Nós honramos os nossos compromissos", rematou José Cristo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.