O Santa Clara, equipa açoriana da Liga de Honra em futebol, afirmou hoje desconhecer uma eventual saída do treinador Bruno Moura para adjunto de Vítor Pereira no FC Porto, mas admitiu estar preparado para tal possibilidade.

«O futebol é feito de surpresas. Temos de estar preparados», garantiu o presidente dos “encarnados” de Ponta Delgada, Mário Batista, questionado sobre notícias que garantem a saída de Bruno Moura.

Segundo acrescentou, e para isso acontecer, o FC Porto terá de pagar o montante previsto na cláusula de rescisão do treinador que dirigiu o Santa Clara na última época.

«Não vamos cair de novo na esparrela (armadilha) em que fomos apanhados na transferência para as Antas de Vítor Pereira», afirmou Mário Batista.

O presidente do Santa Clara deixou críticas: «Então, cedemos o nosso técnico por troca do empréstimo de jogadores. Procedemos de boa fé e não gostámos da forma como as coisas correram», considerou, insistindo que a SAD do Santa Clara «não tem conhecimento» da eventual saída de Bruno Moura.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.