O avançado Santiago da Silva, do Sporting da Covilhã, vai falhar o resto da temporada, informou hoje, à agência Lusa, o médico do clube da II Liga de futebol, Mendes Conceição, que aguarda resultados de avaliações complementares ao coração.

Segundo o clínico do emblema serrano, o jogador são-tomense "encontra-se em período de reavaliação" e está "em repouso absoluto" da atividade desportiva, até os novos exames, marcados para o início de maio, serem conhecidos.

"Vamos esperar pelos resultados da nova ressonância magnética cardíaca, da prova de esforço e do [exame] Holter, que terão de ser vistos por um cardiologista. Nessa altura vai-se avaliar se pode regressar ou se tem de abandonar", acrescentou, em declarações à agência Lusa, o médico do Sporting da Covilhã.

O atacante, de 33 anos, a cumprir a primeira época ao serviço dos ‘leões da serra’, perdeu os sentidos e caiu sozinho no relvado do Estádio D. Afonso Henriques, no dia 21 de dezembro, quando estavam jogados 40 minutos do encontro da terceira jornada da fase de grupos da Taça da Liga, entre o Vitória de Guimarães e o Sporting da Covilhã (3-0).

Desde então, Ludgero Santiago da Silva tem sido baixa no emblema serrano, ausente dos treinos e dos jogos, enquanto os exames cardíacos não forem conclusivos.

Mendes Conceição sublinha "a parte humana" da situação que o são-tomense vive e frisa que o jogador "está elucidado dos riscos".

O avançado chegou no início da temporada ao Sporting da Covilhã, proveniente do Coimbrões, e até ao episódio em Guimarães tinha sido utilizado em 13 jogos, tendo marcado dois golos ao serviço dos ‘leões da serra’.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.