O Sporting da Covilhã venceu sábado no terreno do Desportivo de Chaves por 3-2, após reviravolta no jogo da sexta jornada da II Liga de futebol, e voltou a isolar-se na liderança.

A formação serrana, que aproveitou melhor os erros defensivos do adversário, regressou às vitórias e é novamente líder isolado do segundo escalão, agora com 15 pontos, após a derrota do Farense no terreno do Académico de Viseu, com os algarvios a manterem-se com 12 pontos.

O Desportivo de Chaves somou a segunda derrota consecutiva, a terceira na prova e a primeira em casa, e mantém nove pontos.

O encontro começou praticamente com o golo flaviense, após um bom remate de João Teixeira, de meia distância, aos seis minutos, e aos 10, João Correia ficou isolado perante Carlos mas falhou o ‘chapéu’ e o 2-0.

A reação da equipa visitante foi eficaz, com Jean a trabalhar bem sobre o central Medina, em estreia absoluta pelos transmontanos, e a servir Kukula que apenas teve de encostar.

Com o jogo dividido, sem nenhuma das equipas se impor, nos últimos minutos da primeira parte o conjunto de Chaves colecionou mais situações para voltar a liderar o marcador, mas André Luís, João Correia e Medina viram Carlos evitar o golo com boas intervenções.

Apesar da má reentrada no encontro da equipa casa, com Adriano a ficar duas vezes perto do golo, os flavienses ainda pediram grande penalidade sobre André Luís.

Mas foi mesmo o Covilhã a marcar, aos 56 minutos, com Jean a fazer a recarga vitoriosa para o golo após remate de Mica.

Os protestos com o árbitro Rui Oliveira aconteceram novamente aos 63 minutos, quando Kukula se isolou perante Igor, com o guarda-redes a cometer grande penalidade, mas a ficar a dúvida se o avançado estava em posição regular. Na transformação, Bonani deu mais segurança aos visitantes com o 3-1.

O técnico José Mota arriscou, lançando os avançados Platiny, Wagner e João Paredes, e, aos 71 minutos, André Luís relançou o encontro ao reduzir para 3-2, após jogada de insistência.

Apesar da insistência junto à baliza do Covilhã, a melhor situação, por João Paredes, nos descontos do encontro, esbarrou em mais uma defesa de Carlos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.