O União da Madeira venceu esta tarde o Portimonense, por 2-1, em jogo da 30.ª e última jornada da Liga de Honra em futebol, garantindo a manutenção e atirando os algarvios para a II divisão.

Os unionistas garantiram o 11.º lugar, com 37 pontos, enquanto o conjunto de Portimão foi relegado para a 16.ª e última posição, com 31.

A imperiosa necessidade ou a quase obrigação que tinham de vencer, para evitar a despromoção, foi fator de motivação extra para as duas equipas que desde cedo se entregaram ao jogo.

Mais incisivos que os insulares, os algarvios criaram dois lances perigosos nos primeiros minutos, o primeiro por Lucas (seis) e o segundo por Vítor Gonçalves (16), ambos em remates que saíram ao lado.

Contudo, aos 23 minutos, o Portimonense colocou-se em vantagem, através de Semedo, que, após um pontapé de canto, aproveitou uma intervenção deficiente de Matt Jones.

Os madeirenses reagiram e Tomé, aos 27 minutos, repôs a igualdade, num remate forte e colocado à entrada da área, sem hipótese para Jules Goda.

Até ao intervalo, as equipas dividiram as ações ofensivas, mas os algarvios dispuseram de uma oportunidade flagrante, aos 42 minutos, num remate de Luís Carlos ao qual Matt Jones se opôs com grande intervenção.

Na segunda parte, o ritmo do jogo baixou e a bola passou a ser jogada mais na zona do meio-campo.

Ainda assim, Pedro Oliveira perdeu uma boa ocasião para colocar os visitantes em vantagem, aos 69 minutos. Dois minutos volvidos, foi Tozé Marreco quem falhou o golo por milímetros.

Com o passar do tempo e com resultados adversos nos outros jogos, os algarvios viram agravada a sua situação na tabela, mas o facto teve efeito inverso na equipa, que no último quarto de hora de jogo se mostrou passiva e pouco agressiva, mas, mesmo assim, Simy, aos 90 minutos, podia ter marcado, mas falhou incrivelmente.

Na resposta, o União da Madeira colocou-se em vantagem em contra-ataque, com Nuno Silva a cruzar para o desvio de Tininho, que marcou na própria baliza.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.