Zé Gomes foi apresentado esta segunda-feira como novo treinador do Académico de Viseu, o 16.º e antepenúltimo classificado na II Liga de futebol, e diz estar "de corpo e alma" neste novo projeto.

O sucessor de Pedro Duarte, que se demitiu na passada semana, esteve na sala de imprensa do Estádio do Fontelo para se mostrar "confiante" e com "máximas expectativas" para o trabalho em Viseu.

"Deixei uma posição confortável que tinha no Rio Ave para assumir este desafio, e nem sequer hesitei quando recebi o convite", disse, acrescentando que considera estar a dar "mais um passo em frente" na sua ainda curta carreira como treinador.

Zé Gomes, 44 anos, tem o nível 4 que lhe permite treinar equipas das competições profissionais e trocou o cargo de adjunto de Miguel Cardoso no Rio Ave para ser o terceiro técnico da época no Académico de Viseu, depois de Sérgio Boris e Pedro Duarte, e não escondeu a ambição que tem para a sua carreira, considerando ser o Académico de Viseu "o clube ideal para me dar essa projeção".

Além dos sub-23 do Rio Ave, e do Rio Ave B, Zé Gomes passou ainda como técnico principal pela equipa do Bragança e assume agora o antepenúltimo classificado da II Liga, mas, apesar da posição delicada dos viseenses na classificação, desvalorizou: "Acredito muito neste grupo de trabalho, há aqui muita qualidade, e gente de muito caráter, que vai fazer com que rapidamente possamos subir na tabela", disse.

"Dependemos apenas de nós, por isso não há drama nenhum", referiu, reafirmando a sua confiança que vai alcançar o objetivo de manter os viseenses na II Liga de futebol.

António Albino, presidente do clube e também da SAD do Académico de Viseu, frisou que três treinadores numa época "é uma situação anormal", mas com a qual "foi preciso lidar", deixando o desejo que o novo treinador "tenha sucesso em Viseu" porque "o sucesso dele será o do Académico e dos viseenses".

Zé Gomes chegou a Viseu acompanhado do ex-jogador do Benfica Fábio Faria, que vai ser seu adjunto, além de um preparador físico e um analista de jogos.

A nova equipa técnica já hoje orientou o treino vespertino da equipa na preparação para o jogo de quarta-feira, 03 de março, fora de casa frente ao Sporting da Covilhã, partida em atraso da 17.ª jornada da II Liga de futebol, inicialmente prevista para 22 de janeiro e na altura adiada devido a casos de covid-19 no plantel da formação serrana.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.