As expectativas estavam em alta e nem a chuva desmobilizou hoje os mais de 53 mil adeptos que marcaram presença no Estádio da Luz para ver jogar Portugal. Nem todos sabiam bem com quem jogava a Seleção Portuguesa, ou o nome dos 23 jogadores convocados por Fernando Santos, mas desde que provaram o sabor da vitória colocaram as expectativas mais alto, e ganhar é o mínimo exigido em qualquer jogo. E já agora, porque não a taça do Mundial?

O SAPO Desporto hoje juntou-se também aos muitos que resistiram ao tempo estranhamente chuvoso no início de junho e a uma comitiva especial: 10 mil adeptos de mais de 200 municípios que encheram as bancadas dos dois topos do estádio para assistir ao jogo.  A iniciativa “Portugal numa Bancada” ligou a Federação Portuguesa de Futebol e a Altice Portugal, e levou também na comitiva mais de uma centena de alunos de várias escolas, com o apoio do Ministério da Educação e o Desporto Escolar.

Quase à hora do jogo, a fila de autocarros era longa e os nomes dos municípios escritos nos chassis não deixava dúvidas quanto a uma presença diversificada, mas unida pela mesma confiança e expectativa de ver a Seleção ganhar. Camisolas fornecidas pela Altice, cachecóis da seleção e capas para a chuva, ou abrigos improvisados, eram os acessórios mais utilizados, até porque os chapéus de chuva ficavam à porta por questões de segurança.

Gonçalo Guedes lança candidatura ao Onze na vitória de Portugal sobre a Argélia
Gonçalo Guedes lança candidatura ao Onze na vitória de Portugal sobre a Argélia
Ver artigo

Para muitos era a primeira experiência a ver a Seleção, ou até num estádio desta dimensão. E a perspetiva era até um pouco intimidatória para Guilherme, que veio de Sines. Aluno do Desporto Escolar, da área de Surf, disse que acompanha o futebol e até acertou no prognóstico antes do jogo: 3-0 para Portugal.

A confiança na vitória estava bem marcada nos cânticos e na atitude dos jovens (e menos jovens). Rafael, de Vila de Rei, joga futebol no clube local e ainda se lembra do golo que deu a vitória a Portugal. “Não esperava que fosse o Éder, mas pronto”, disse ao SAPO Desporto.

E hoje, quem marca os golos? Cristiano Ronaldo e Quaresma foram os nomes mais referidos, mas afinal foi Gonçalo Guedes que fez vibrar o estádio com dois golos que arrancaram aplausos à plateia. Bruno Fernandes também 'faturou' e houve ainda dois golos anulados que fizeram o estádio gritar golo antes da decisão do árbitro.

O certo é que a confiança de que tudo é possível já ninguém nos tira. Bruna veio de perto, da Portela, e apesar de não se interessar muito por futebol garante que a experiência vale a pena. “É o nosso país”, diz com toda a confiança de quem ´vestiu a camisola´ das cores nacionais e se lembra muito bem da vitória do Euro. E repetir o feito? “Acho possível repetir. Não estávamos à espera de ganhar o Euro”, lembra.

Fernando Santos: "Ainda estamos longe do ideal, é com o campeonato que vamos crescer"
Fernando Santos: "Ainda estamos longe do ideal, é com o campeonato que vamos crescer"
Ver artigo

Quem também acertou na previsão do resultado foi o secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, que já no estádio apontava para o 3 a 0. O governante defendeu a necessidade de apostar no Desporto Escolar e elogiou a iniciativa da Altice Portugal e o empenho que tem mostrado no apoio à prática desportiva nas escolas.

Alexandre Fonseca, presidente executivo da Altice Portugal, lembrou também que a seleção tem a capacidade de unir todos os portugueses e que os jogos são um momento que deve ser de festa e de celebrar a capacidade de superação dos atletas, e por isso a empresa tem apoiado a equipa das quinas com um patrocínio que já vai no sétimo ano e que também se materializa em iniciativas como a que hoje levou cerca de 10 mil pessoas ao último jogo de preparação para o Mundial 2018.

Na próxima semana já é a sério, em Sochi, na Rússia, e mesmo que nem todos possam estar lá no estádio com Portugal, Alexandre Fonseca acredita que os 15 milhões de portugueses espalhados pelo mundo estarão lá de alma e coração.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.