A seleção portuguesa de sub-21 venceu a Albânia por 6-1, em jogo da primeira ronda do Grupo 4 de apuramento ao Europeu da categoria. André Silva, avançado do FC Porto, foi a figura do encontro, com um hat-trick. Numa altura em que muito se fala no ponta-de-lança da seleção A, a solução pode estar nos sub-21.

No primeiro jogo de Portugal na caminhada para o Europeu de sub-21 de 2017, realizado no Stadiumi Kombëtar Qemal, a seleção de Rui Jorge não deu qualquer hipótese a Albânia, dominando o encontro do início ao fim.

Depois de perder a final do Euro de sub-21 para a Suécia em junho, a turma das quinas surgiu transfigurada, já sem vários atletas que foram promovidos, como são os casos de William Carvalho, João Mário, Paulo Oliveira.

Aliás, do onze escolho por Rui Jorge, não havia qualquer jogador da equipa habitual que se sagrou vice-campeão europeu na República Checa: Bruno Varela; Mauro Riquicho, Edgar Ié, Tobias Figueiredo e Rafa; Bruno Fernandes, Rúben Neves e Rony Lopes; Carlos Mané, André Silva e Bruma. Muitos atletas que estiveram no Mundial de sub-20 e ainda outros que voltaram a ser chamados aos sub-21 formaram a equipa inicial.

A turma das quinas fez uma primeira parte muito boa, principalmente nos últimos 15 minutos. Começou com um remate de Rony Lopes ao poste logo aos cinco minutos e com domínio em todos os capítulos, embora a equipa tenha pecado na hora de decidir os lances na área adversária.

Mas os últimos 15 minutos foram frenéticos, com quatro golos. Rúben Neves fez o 1-0 aos 32 minutos, num remate de primeira de fora da área. Rony Lopes finalizou com um toque um bom lance de Bruma aos 36. André Silva bisou, marcando aos 43 e 45: primeiro, de cabeça, após livre de Rony Lopes; depois a passe de Bruno Fernandes em bom lance de contra-ataque.

Já com Ricardo Horta e Gelson Martins em campo, nos lugares de Bruma e Mané, a equipa de sub-21 de Portugal vai fazer o 5-0 aos 62 minutos. Rony Lopes rematou forte, o guarda-redes Teqja defendeu para a frente onde apareceu André Silva a fazer o golo, o seu terceiro no jogo.

Portugal começou a adornar mais os lances, perdendo imenso tempo a decidir as jogadas junto da área albanesa. Mais talentosos que os adversários, os jovens lusos iam dominando o encontro, com vários lances de perigo junto da área adversária mas a pecar na decisão final.

Foi num lance com alta nota artística que Portugal fez o 6-0, por Ricardo Horta, que aproveitou um passe de calcanhar de Gelson Martins para bater o guarda-redes contrário. A Albânia conseguiu o tento de honra aos 83 minutos por Rashica, após boa combinação com Lafiti.

A seleção portugesa de sub-21 entra da melhor forma na qualificação para o europeu da categoria. André Silva, que se estrou com um hat-trick, foi o homem do jogo. A solução para o ponta-de-lança da seleçãpo A pode estar nestes sub-21.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.