Numa altura em que a selecção nacional esta “sob brasas” devido aos resultados negativos registados nos dois primeiros embates para o grupo H da fase de qualificação para o Euro2012, a questão do seleccionador assume maior importância ainda, uma vez que tudo terá que estar resolvido antes da próxima jornada dupla, prevista para os primeiros dias de Outubro.

Já questionado por algumas franjas da federação logo que terminou o Mundial, Queiroz foi “ratificado” pela direcção federativa, mas a intervenção da Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP) no caso do controlo antidopagem levado a efeito no estágio para o Mundial voltou a deixar em dúvida a continuidade do técnico.

Queiroz foi inicialmente suspenso pela FPF por um mês, mas a ADoP avocou o processo e ampliou a medida para seis meses de suspensão, o que pode ter ditado definitivamente a saída do técnico que levou os sub-20 a dois título mundiais, em 1989 e 1991.

Neste momento há já alguns nomes na linha de sucessão a Queiroz, sendo os nomes de Paulo Bento e Humberto Coelho os que são referidos pela imprensa com mais insistência.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.