A seleção nacional empatou esta quinta-feira frente à vice-campeã do Mundo, a Croácia, no Estádio do Algarve, por 1-1. O jogo teve duas partes bem diferentes. Portugal dominou a primeira parte, mas a segunda mostrou um ritmo baixo e pouca emoção.

A primeira parte do jogo foi bem disputada, com a equipa de Fernando Santos a entrar focada em campo. Mas, devido a um erro defensivo, a equipa croata ficou à frente do marcador aos 18 minutos de jogo, pelos pés de Perisic.

Mesmo a perder, a seleção nacional não desanimou e reagiu. Continuou a criar jogadas ofensivas e aos 32 minutos da partida, Pepe cabeceou para o fundo da baliza de Kalinic, mantendo o resultado em aberto.

Na segunda parte o jogo foi bem diferente. O ritmo de jogo diminuiu bastante, as equipas começaram a desligar-se e as oportunidades de golo foram poucas.

A partir dessa altura, a partida começou a aquecer para o lado luso, com a equipa a acordar, depois de meia hora de jogo 'morno'. No entanto, o esforço dos últimos dez minutos de jogo não chegaram para a seleção conseguir a vitória.

A figura

Não só pela sua 100º internacionalização, mas também pelo golo que marcou aos 32 minutos e que deu o empate à seleção das Quinas, Pepe foi o jogador em destaque. O jogador do Besiktas fez ainda seis ações defensivas.

Os melhores

Além do autor do golo, João Cancelo foi um dos jogadores que mais encheu o olho nesta partida. Sempre decidido a levar a equipa para a frente, o lateral foi uma peça fundamental no empate da seleção de Fernando Santos. Do lado croata foi Ivan Perisic quem fez a diferença, ao inaugurar o marcador aos 18 minutos de jogo.

O momento

O minuto 32 marcou o jogo, ao dar o empate para a seleção nacional. Pizzi bateu um livre e Pepe cabeceou para o fundo da baliza de Kalinic. A bancada do Estádio do Algarve ficou ao rubro com a seleção nacional a ficar mais aliviada.

Reações

Fernando Santos: "Fizemos uma exibição bem conseguida dentro do que eu esperava"

Sérgio Oliveira avisa: "Não venho aqui para brincar"

Pepe e o jogo 100: "Representar esta seleção significa muito para mim"

Bernardo Silva: "Esta seleção, apesar de ser muito melhor com Cristiano, não é totalmente dependente dele"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.