A selecção portuguesa de sub-21 venceu hoje a da Áustria, por 2-0, no estádio Algarve, e terminou 100 por cento vitoriosa a dupla jornada de particulares, iniciada na terça-feira, com um triunfo por 4-2 frente à Alemanha.

No segundo jogo particular de preparação para a fase de qualificação do Europeu da categoria de 2013, Portugal foi sempre a equipa mais forte em campo e venceu sem discussão com golos apontados por João Silva (14 minutos) e Josué (32), de grande penalidade.

Relativamente ao jogo com a Alemanha, o seleccionador sub-21 de Portugal, Rui Jorge, fez no total seis alterações, colocando em campo Cristiano Figueiredo na baliza, uma defesa com Edu, Vítor Bastos, João Pereira, Ruben, Diogo Rosado, Amado, Ricardo Martins, Josué, João Silva e Abel.

Apesar de só se manterem na equipa Vítor Bastos, João Pereira, Ruben, Amado e Josué, Portugal entrou mais dominador, a controlar a partida e, no segundo minuto, um toque subtil de calcanhar João Silva quase surpreendia o guarda-redes austríaco, mas Heinz Lindner ainda conseguiu desviar a bola para canto.

O avançado português não marcou logo no início da partida mas acabou por inaugurar o marcador, aos 14 minutos, ao cabecear da melhor forma um canto apontado por Ricardo Martins na direita.

A Áustria sentia dificuldades para ter a bola e só conseguia aproxima-se da baliza à guarda de Cristiano Figueiredo em raros remates de meia distância, como o que Stefan Schwab fez, ao lado, aos 15 minutos.

Aos 31, Diogo Rosado ganhou as costas à defesa dentro da área, mas o guarda-redes da Áustria saiu dos postes, fez bem a mancha e evitou o golo. A bola ressaltou, no entanto, para Josué, que sofreu falta de Elsneg Dieter dentro da área e transformou depois no 2-0, convertendo a grande penalidade assinalada pelo árbitro Bruno Esteves.

No segundo tempo, Rui Jorge fez oito alterações, colocando em campo os defesas Dani, Ricardo Alves e Luís Gonçalves, os médios André Almeida e Sousa e os avançados Diogo Viana, Rui Fonte e Wilson.

E foi de novo Portugal quem esteve perto de marcar, por Sousa, aos 63 minutos, num remate de fora da área que o guarda-redes Pirmin Strasser - um dos três jogadores lançados no jogo ao intervalo pelo seleccionador austríaco, Andreas Herzog – defendeu para canto.

A situação de maior perigo da Áustria surgiu aos 68 minutos, mas Alar Helly viu o guarda-redes Cristiano Figueiredo evitar o golo com uma defesa que parecia impossível, depois de o rival desviar dentro da pequena área, sem oposição, um cruzamento proveniente da direita.

André Martins ainda falhou clamorosamente o terceiro, aos 80 minutos, com um remate contra o defesa que estava debaixo dos postes, depois de ter recebido a bola dentro da área e ter tirado o guarda-redes do caminho.

Já depois do tempo regulamentar, Sousa viu o árbitro anular aquele que seria o terceiro tento português por fora de jogo, pelo que o resultado final ficou em 2-0.

Jogo disputado no estádio Algarve, em Faro/Loulé.

Portugal – Áustria, 2-0.
Ao intervalo, 2-0.

Marcadores:
1-0, João Silva, 14 minutos.
2-0, Josué, 32, g.p.

Equipas:
- Portugal: Cristiano Figueiredo, Edu (Dani, 46), Vítor Bastos (Ricardo Alves, 46), João Pereira (Pedro Mendes, 82), Ruben (Luís Gonçalves, 46), Diogo Rosado (André Martins, 61), Amado (André Almeida, 46), Ricardo Martins (Sousa, 46), Josué (Diogo Viana, 46), João Silva (Rui Fonte, 46) e Abel (Wilson, 46).
(Suplentes: Anthony Lopes, Dani, André Almeida, André Martins, Rui Fonte, Wilson, Pedro Mendes, Ricardo Alves, Luís Gonçalves, Sousa e Diogo Viana).
- Áustria: Heinz Lindner (Pirmin Strasser, 46), Stepman Zwierscmitz (Michael Sollbauer, 85), Maximilian Karner (Michael Popp, 85), Christopher Dibon, Florian Hart, Daniel Schopf, Thomas Hopfer, Stefan Schwab, Elsneg Dieter (Florian Kainz, 46), Stefan Hierlander (Dário Tadic, 46) e Alar Deni (Thomas Helly, 68).
(Suplentes: Pirmin Strasser, Michael Sollbauer, Dário Tadic, Florian Kainz, Michael Popp, Thomas Helly).

Árbitro: Bruno Esteves (Portugal).
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Diogo Rosado (24) e João Silva (43).
Assistência: Cerca de 2000 espectadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.