O selecionador nacional Paulo Bento garantiu hoje que aceitará qualquer decisão da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) quanto à sua continuidade ou não do cargo, realçando apenas que quer o seu futuro resolvido antes do Euro2012.

«Existiram casos de treinadores que não iam ficar que fizeram um grande trabalho. Não vejo nenhum tipo de problema, apenas tenho o desejo de ver uma situação resolvida. Acho que é o melhor para ambas partes. Tenho o direito de ver o meu futuro resolvido num determinado timing e tenho o dever de aceitar qualquer decisão da Federação», disse em entrevista ao programa “MaisFutebol” da TVI24.

Paulo Bento, cujo contrato como selecionador nacional termina no final do Europeu de futebol, que se disputa entre 08 de junho e 01 de julho, defendeu que o seu trabalho à frente da «equipa das Quinas» vai ser o mesmo, quer fique, quer não.

Sem conhecer ainda uma data para a resolução da situação, o técnico remeteu um desfecho para um timing que ele e FPF considerem oportuno, indicando que já debateu a questão coma direção do organismo liderado por Fernando Gomes.

Na entrevista, Bento clarificou ainda que atingir os quartos-de-final não é a meta a que se propõe, mas sim o primeiro objetivo de Portugal.

«O que eu quero é chegar aos quartos-de-final e daí seguir o nosso caminho. Ninguém chega às meias-finais nem à final sem chegar aos quartos-de-final. A minha ambição é muito clara e é aquela que quero que os jogadores tenham: os quartos-de-final.

Mas não é chegar lá e dizer que já cumprimos o objetivo», esclareceu.

O selecionador nacional respondeu ainda às dúvidas sobre a ausência de jogadores do Sporting de Braga, sobretudo a de Hugo Viana, nas convocatórias portuguesas, explicando que os atletas do terceiro classificado da Liga Portuguesa de futebol chegaram a fazer parte das pré-convocatórias, mas não tinham caraterísticas que se adequassem ao jogo de Portugal.

«[O Hugo Viana] poderá ser [convocado], não tem sido, não pelo seu valor, nem pelo seu rendimento, mas sim porque entendemos que os médios que têm vindo à seleção nacional preenchem um conjunto de características que se adaptam mais ao nosso jogo», disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.