O AC Milan venceu hoje a Fiorentina por 2-0, no encontro que encerrou a 20.ª jornada da Liga italiana de futebol, e atrasou a equipa orientada pelo português Paulo Sousa na perseguição ao líder Nápoles.

Os golos da vitória do AC Milan, que deixa a Fiorentina no quarto lugar mas a quatro pontos do Nápoles, foram marcados aos quatro e 88 minutos, respetivamente pelo colombiano Carlos Bacca pelo ganês Kevin-Prince Boateng, que chumbou nos testes médicos no início da época, quando esteve para reforçar o Sporting.

Com os três pontos somados frente à Fiorentina, o AC Milan ascendeu ao sexto lugar da tabela classificativa, superando o Sassuolo, que perdeu com o Nápoles (3-1), e o Empoli, que empatou a um golo no terreno do Chievo.

Tirando partido do empate do Inter Milão, terceiro classificado, em Atalanta (1-1), no sábado, a campeã Juventus isolou-se no segundo lugar, depois de golear fora a Udinese, por 4-0, e manteve-se a dois pontos do líder Nápoles.

Depois de um mau início de campeonato, a ‘vecchia signora’ somou o 10.º triunfo consecutivo, numa partida em que o argentino Paulo Dybala foi a grande figura, ao marcar dois golos, aos 15 e 26 minutos, e assistir para os do alemão Sami Khedira (18) e do brasileiro Alex Sandro (42), ex-FC Porto, que se estreou a marcar pelo conjunto de Turim.

A Roma perdeu a oportunidade de se aproximar dos lugares de qualificação para a Liga dos Campeões, ao empatar em casa com o lanterna-vermelha Verona (1-1), mantendo-se na quinta posição, com 35 pontos.

Na luta pela Europa, também a Lazio, nona classificada, cedeu terreno ao empatar a dois golos em casa do Génova, que esteve a vencer por 2-0, mas permitiu o empate depois de ficar a jogar com menos um.

O Génova afastou-se da zona de despromoção, ao golear em casa o Palermo, por 4-0, num encontro em que o ex-‘leão’ Diego Capel foi suplente utilizado nos visitados e Bryan Cristante, emprestado pelo Benfica, foi titular nos visitantes.

Em zona de despromoção, o Carpi, 18.º e antepenúltimo, conseguiu um importante triunfo sobre a Sampdoria (14.ª), que teve Pedro Pereira no ‘onze’, por 2-1, mas continua quatro pontos abaixo da ‘linha de água’.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.