Pablo Osvaldo e Francesco Totti estabeleceram uma amizade muito forte e que é conhecida do grande público. O agora avançado dos argentinos do Banfield, que passou pelo FC Porto, contou histórias de quando jogaram juntos na Roma.

“Dizia ao Totti que, para mim, ele era corno [risos]. Porque não era possível! Ele é bonitão, dotado - não vou entrar em detalhes -, é o melhor jogador com quem joguei. Totti era perfeito em tudo, nem mau hálito tinha [risos]”, disse Osvaldo numa entrevista à TN Sports, destacando a simplicidade e humildade de Totti.

“Quando cheguei à Roma olhava para o Totti e nem queria acreditar que estava a jogar com ele. Uma semana depois tornou-se num bom companheiro e quando me apercebi era um simples menino de bairro, tal como eu”, contou o italo-agentino, de 34 anos, lembrando outro episódio caricato.

“Houve uma vez que a nossa claque estava furiosa comigo. Os ultras queriam-me matar! Eu queria sair do estádio e o que é que fiz? Pedi ao Daniele [De Rossi] e ao Francesco [Totti] que me acompanhassem. Ninguém me tocou. Não sou idiota [risos]”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.