A vida de Adrián San Miguel deu uma grande volta nos últimos dias. Depois de ter terminado o contrato com o West Ham, no final de junho, o guarda-redes esteve sem clube até ao início de agosto, altura em que o Liverpool o anunciou como reforço para o lugar de Mignolet.

Foi no passado dia 5 de agosto que o espanhol foi apresentado como reforço dos 'reds', e nove dias depois era titular na Supertaça Europeia depois da lesão do brasileiro Alisson. A estreia do espanhol no onze inicial não podia ter sido melhor já que foi decisivo ao defender a grande penalidade que deu a conquista ao Liverpool.

Após a partida, o espanhol falou dos tempos mais recentes, vividos de forma algo solitária na cidade de Sevilha.

"Andava a treinar sozinho em Sevilha, com um treinador de guarda-redes", começou por dizer Adrián San Miguel aos jornalistas na zona mista.

"Foram momentos difíceis porque estava sem clube e à espera de assinar por alguma equipa. Até que recebi o telefonema do Liverpool. Vir para aqui foi a melhor decisão que podia tomar", continuou.

"Foi uma semana de doidos. Aconteceu tudo tão depressa... Estreei-me sexta-feira porque o Alisson se lesionou e hoje [ontem, quarta-feira] já fui titular. E que vitória tivemos, nos penáltis", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.