No meio de muitas dúvidas, fruto do surto de COVID-19 que atingiu a estrutura da equipa principal do Benfica, com nada mais, nada menos do que 17 casos positivos, disputa-se esta quarta-feira a segunda meia-final da edição 2020/21 da Taça da Liga, a qual colocará frente a frente, a partir das 19h45, Sp.Braga e Benfica - salvo qualquer alteração de última hora.

Detentor do troféu, o conjunto minhoto chega a esta 'final four' depois de ter batido nos quartos de final da prova (esta época em versão com formato renovado, devido ao coronavírus) o Estoril Praia por 3-1. Já o Benfica, que ficou então terça-feira a saber que tem Gilberto, Vertonghen, Grimaldo, Diogo Gonçalves e Luca Waldschmidt infetados com a COVID-19, afastou nos quartos de final o V.Guimarães no desempate por pontapés da marca de grande penalidade.

Historial na competição

O Benfica aponta à presença na sua oitava final da competição, mas apenas a primeira desde 2016. As 'águias' são, de longe, a formação de maior sucesso na história da Taça da Liga, com sete troféus conquistados (em sete presenças em finais), mas não vencem a competição desde 2015/16, época em que derrotaram o Marítimo na final, em Coimbra. Cinco dos sete triunfos do clube encarnado na prova foram conseguidas sob o leme de Jorge Jesus (que conta no currículo com mais uma edição da prova conquistada, então no comando do Sporting).

Quanto ao Sp.Braga, venceu a competição pela segunda vez na sua história na temporada passada, ao bater o FC Porto por 1-0, numa edição jogada precisamente no seu estádio. Os minhotos apontam à sua quarta presença em finais da competição.

Histórico de confrontos

Benfica e Sp.Braga vão medir forças pela segunda vez esta temporada. Encontraram-se já a 8 de novembro, no Estádio da Luz, em partida da 7.ª jornada da I Liga, e a vitória foi dos bracarenses, por 3-2. O Braga chegou mesmo a estar a vencer por 3-0, com o Benfica a reagir no final da partida, reação insuficiente para evitar a derrota.

Ao todo, este será o 148º jogo de sempre entre Braga e Benfica no conjunto de todas as competições e a vantagem é clara por parte do emblema lisboeta: 97 vitórias e apenas 21 derrotas. Porém, os dois últimos encontros entre as duas equipas terminaram com vitória minhota.

Taça da Liga: O que se passou, o que se passa e o que se pode passar? Eis o ponto de situação
Taça da Liga: O que se passou, o que se passa e o que se pode passar? Eis o ponto de situação
Ver artigo

Olhando para encontros disputados em terreno neutro, o desta quarta-feira será apenas o segundo da história entre os dois emblemas disputado nessas circunstâncias. O outro foi em 2016, na Supertaça, e terminou com vitória clara, por 3-0, do Benfica. Treinado por Rui Vitória, o conjunto da Luz marcou por Cervi, Jonas e Pizzi, não dando hipóteses ao Braga, então orientado por José Peseiro.

No que toca a embates para a Taça da Liga, esta será a quarta vez que as duas equipas se vão defrontar na competição. Em duas das anteriores três ocasiões tal sucedeu, tal como desta feita, em meias finais, com um apuramento para cada lado. Em 2013 o Braga, teinado por Peseiro, superiorizou-se no desempate por penáltis ao Benfica de Jesus, enquanto em 2016 foram as 'águias' a levar a melhor. O Braga, treinado por Paulo Fonseca, marcou primeiro por...Rafa Silva, mas o Benfica, orientado por Rui Vitória, virou o marcador com golos de Jonas e Raúl Jiménez. O outro embate já disputado entre os dois emblemas para a Taça da Liga contou para a fase de grupos, foi em 2017 e terminou com um empate.

Momento de Forma

O Sp.Braga chega a este encontro vindo de uma derrota frente ao P.Ferreira, na passada jornada da I Liga. Foi a segunda derrota dos minhotos nos últimos quatro jogos no conjunto de todas as competições, depois de os 'Gverreiros' terem atravessado uma série de cinco vitórias seguidas.

Já o Benfica chega a esta meia-final da Taça da Liga depois de um empate 1-1 frente ao rival FC Porto no Estádio do Dragão para a I Liga. Foi o segundo empate das 'águias' nos últimos quatro jogos e o terceiro sem ganhar nos últimos seis (dois empates, uma derrota e três vitórias) no conjunto de todas as provas. Antes dessa derrota, contudo, o Benfica atravessava uma série de nove jogos seguidos sem perder.

O que dizem os treinadores

O Benfica tem cinco jogadores infetados pelo novo coronavírus, num total de 17 pessoas ligadas à estrutura do futebol profissional, incluindo treinadores e elementos do 'staff', mas Carlos Carvalhal, treinador do Sp.Braga, defendeu na antevisão do embate das meias-finais da Taça da Liga com as 'águias' que o jogo deve realizar-se, lembrando que também ele já teve de disputar outros jogos com muitas baixas pelos mesmos motivos.

"Não sou epidemiologista, nem pertenço à DGS. Sou treinador, licenciado em ciências do Desporto, com especialização em futebol. Esta época, já tivemos oito indisponíveis, entre jogadores e staff', e fomos a jogo em Alvalade e no Bessa", sublinhou.

Paulinho está em dúvida para o jogo com o Benfica e Carvalhal garante que não é 'bluff'
Paulinho está em dúvida para o jogo com o Benfica e Carvalhal garante que não é 'bluff'
Ver artigo

Sobre o jogo propriamente dito, e apesar de o Braga já esta época ter derrotado o Benfica, o técnico dos 'arsenalistas' lembra que são sempre jogos diferentes. "Vão estar em campo duas equipas boas, que vão querer ganhar o jogo. Nós temos intenção de seguir em frente, estamos na máxima força, queremos fazer um grande jogo e vencê-lo", disse, frisando depois que mesmo estando o Braga a defender o troféu, isso nã lhe confere qualquer favoritismo. "Seremos sempre ‘outsiders' no panorama do futebol português, mas lutaremos dentro de campo para, se os ‘três grandes' não estiverem no seu melhor, o Braga passar-lhes a perna", terminou.

Do lado do Benfica, o treinador Jorge Jesus, acabou por não fazer a antevisão do encontro, com as 'águias' a cancelarem a conferência de imprensa prevista para a tarde de terça-feira em virtude do surto de COVID-19.

O jogo

A meia-final da Taça da Liga 2020/21 entre Sp.Braga e Benfica tem início marcado para as 19h45 desta quarta-feira, no Estádio Municipal de Leiria. O árbitro será Fábio Veríssimo, da AF Leiria.

Poderá acompanhar no SAPO Desporto, AO MINUTO, todas as incidências do encontro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.