O Estoril venceu o FC Porto por 3-1 esta quarta-feira e está na final-four da Taça da Liga pela primeira vez. Os canarinhos bateram os detentores do troféu na Amoreira por 3-1, em partida do Grupo D. Guitane, João Carlos e Cassiano marcaram para a equipa de Vasco Seabra, Pepê fez o golo do FC Porto.

Depois de ter vencido o Leixões na primeira ronda, os canarinhos voltam a vencer e somam seis pontos. A 23 de dezembro o FC Porto recebe o Leixões para cumprir calendário.

Num espaço de menos de um mês, o Estoril vence duas vezes o FC Porto, já que o tinha feito para a Liga, no Dragão.

As melhores imagens do jogo

Face ao apertado calendário, Sérgio Conceição fez várias mexidas no onze, com as entradas de Cláudio Ramos, Zé Pedro e Grujic, e com Evanilson e Pepe no banco. Também Vasco Sousa, treinador do Estoril, mexeu na equipa habitual, poupando titulares como Bernardo Vital, Holsgrove, Rafik Guitane, Tiago Araújo e Mateus Fernandes, todos no banco. Destaque para Mangala, antigo central do FC Porto, lançado a titular nos canarinhos e logo com a braçadeira de capitão.

O triunfo na primeira ronda deste Grupo D deixava os canarinhos a um triunfo da final-four, resultado que eliminaria o FC Porto. O Estoril tinha ainda a ambição de repetir o resultado do campeonato, quando bateu os Dragões na sua casa por 1-0.

Os primeiros minutos na Amoreira foram de muita luta a meio campo e bola longe das balizas.

O primeiro golo - que não contou - surgiu aos 19 minutos. Galeno lançou Francisco Conceição na direita, o jovem extremo puxou para o pé esquerdo e rematou cruzado. Depois da festa, veio a desilusão: golo anulado, por fora de jogo de Galeno no início da jogada.

O Estoril reagiu a este lance e marcou no momento seguinte. Passe fantástico de João Marques, de trivela, a isolar Cassiano, o veloz avançado bateu David Carmo e Fábio Cardoso na corrida e atirou a contar.

O FC Porto empatou aos 34 minutos, por Pepê, que estava a ter um jogo apagado. Passe longo para Taremi, o iraniano amorteceu de peito para o brasileiro que tirou um adversário da frente e rematou cruzado para o fundo das redes de Dani Figueira.

Até ao final do primeiro tempo, destaque para dois lances perigosos desperdiçados por Galeno.

E tudo Guitane mudou

No início do segundo tempo, Sérgio Conceição lançou Evanilson no posto de Zé Pedro (Pepê passou a ser o lateral direito), Guitane entrou no posto de João Marques no Estoril.

O reinício prometia, já que as duas equipas atiraram aos ferros antes dos cinco minutos do segundo tempo. Primeiro Heriberto, aos 47 minutos, num remate fortíssimo que foi devolvido pela barra. Na jogada seguinte, aos 49, é Taremi a aparecer isolado pela direita, e a rematar ao poste, quando tinha Evanilson sozinho na área. O iraniano tentou surpreender o guardião contrário.

À hora de jogo, já a pensar no duelo com o Casa Pia no sábado, Sérgio Conceição lançou Jorge Sanchez e Nico Gonlalez nos lugares de Grujic e Taremi. Gonçalo Borges foi a última aposta de Sérgio Conceição.

Guitane, que está a fazer uma grande época, ficou perto do golo aos 56 minutos, num livre de Parra, mas o remate saiu ao lado.

Aos 87 minutos, Gonçalo Borges cruzou na esquerda, Evanilson subiu e rematou de cabeça mas a bola bateu na barra. Grande oportunidade perdida!

Aos 91 minutos, Guitane acertou mesmo. O criativo francês deixou quatro jogadores para trás, entrou na área e rematou, a bola sofreu um desvio em David Carmo e entrou na baliza.

Mas ainda não tinha terminado. Aos 94 minutos, Koindredi a fazer estragos na defesa portista: bailado sobre David Carmo até sofrer falta do central portista na área. Penálti claro que João Carlos converteu e fez o 3-1 final.

O resultado coloca o Estoril na 'final four' da Taça da Liga pela primeira vez.  A equipa de Vasco Sousa fecha a sua participação no Grupo D na frente, com seis pontos, sendo que FC Porto e Leixões vão cumprir calendário quando se defrontarem na terceira jornada, em jogo agendado para 23 de dezembro.

Os dragões já não poderão revalidar o troféu.

Veja o resumo do jogo

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.