Jorge Jesus, treinador do Sporting, dirigiu duras palavras ao árbitro assistente Tiago Costa no final do encontro disputado no terreno do Vitória de Setúbal, referente à terceira jornada da fase de grupos da Taça da Liga e que terminou com um triunfo dos sadinos.

Segundo o relatório da partida, divulgado pelo jornal O Jogo, Jesus acusou mesmo o assistente de ser "um vendido".

"No final do jogo, foi considerado expulso o Treinador Principal da equipa B [Sporting] por se ter dirigido ao Árbitro Assistente nº 1 dizendo: 'Foste tu que marcaste o penálti, és um vendido!'", refere o relatório do árbitro Rui Oliveira.

A expulsão de Jesus, recorde-se, originou uma suspensão de 15 dias do treinador, entretanto cumpridos.

O árbitro indica ainda no mesmo relatório que "aquando do final do jogo foi rodeado por jogadores e dirigentes afetos à equipa B, tendo sido necessária a intervenção da força policial".

O Sporting foi eliminado da Taça da Liga na partida em questão, que terminou com uma vitória do V. Setúbal por 2-1. Edinho, de grande penalidade, fez o golo da vitória.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.