O treinador do Paços de Ferreira, Pepa, considerou hoje "inevitável" fazer alterações no ‘onze' que vai defrontar o FC Porto, sem prejuízo da ambição de vencer no Dragão e passar às meias-finais da Taça da Liga de futebol.

"É um orgulho enorme podermos disputar o acesso à ‘final four', mas temos a responsabilidade de analisar tudo, andamos com muito cuidado com a gestão física dos jogadores e o desgaste emocional tremendo causado pela preparação dos jogos, stress das viagens e competitivo. É inevitável [fazer alterações], mas temos confiança total no plantel", disse Pepa, em conferência de antevisão ao jogo de quarta-feira.

O técnico pacense lembrou que a equipa vai realizar o sexto jogo em 20 dias, contra oito do FC Porto, mas recusou olhar para este registo pouco comum numa formação com a dimensão do Paços como algo negativo, considerando até ser necessário "tirar proveito disto".

"A concentração exige muito e o jogo com o Sporting foi um aviso. Eles [no FC Porto] estão mais habituados a isso e têm muito mais experiência, mas temos de olhar para isto com satisfação e saber crescer com isso. Também queremos [jogar com esta frequência], vamos cometer alguns erros neste percurso, mas o plantel tem opções e espero uma resposta capaz", sublinhou.

O Paços de Ferreira vai a jogo no Estádio do Dragão com uma equipa alternativa, mas isso em nada irá desviar o clube do objetivo ir mais além na competição e alcançar a ‘final four'.

"Deu-nos muito trabalho estar aqui e vamos agarrar-nos a essa probabilidade, sabendo que ganhar duas vezes num curto espaço de tempo ao FC Porto é tremendamente improvável. Não vamos passear ao Dragão, vamos com tudo, e temos o objetivo claro de passar às ‘meias'", referiu o técnico, que esta época já venceu o campeão FC Porto para a I Liga, por 3-2.

Pepa foi também desafiado a comentar a polémica sobre as alegadas pressões sobre as decisões da arbitragem a partir do banco portista, sublinhadas pelo técnico do Tondela, mas surpreendeu na resposta.

"Estranho era que isso não acontecesse. Até da nossa parte. Não estamos numa missa e mal seria se isso não se sentisse", concluiu.

O jogo entre FC Porto e Paços de Ferreira, que irá apurar um dos semifinalistas da Taça da Liga, realiza-se no Estádio do Dragão, na quarta-feira, às 18:45, e terá arbitragem de António Nobre, da associação de Leiria.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.