O Santa Clara derrotou hoje de forma inequívoca a União de Leiria, por 3-1, na primeira mão da primeira eliminatória da Taça da Liga.

O conjunto açoriano, da II Liga, começou a construir a vitória logo aos 3 minutos, por Platini, elevando a vantagem aos 20, por Alex. O Santa Clara podia ter chegado ao 3-0 aos 40 minutos, quando Sylvestre e Diego Gaúcho disputaram a bola de cabeça e o central da União de Leiria levou a bola a bater no poste esquerdo da própria baliza.

A União de Leiria entrou para a segunda parte com uma atitude mais agressiva e aos 57 minutos Jô cabeceou com perigo ao segundo poste.

Pouco depois, Stefanovic opôs-se bem a um remate de Patrick, mas o Santa Clara quase aumentou a vantagem aos 75 minutos: numa rápida jogada pela direita, Moreira serviu Alex, que falhou o remate, mas a bola ressaltou para a esquerda e Paulo Grilo atirou forte para boa defesa de Luiz Carlos.

A União de Leiria reduziu para 2-1 a quatro minutos dos 90, quando Élvis converteu um livre direto que deixou muitas dúvidas.

Nos descontos, o Santa Clara ficou reduzido a dez jogadores com a expulsão de Lourenço, por agressão sem bola a Diego Gaúcho, mas pouco depois foi reposta a igualdade numérica em campo, com Maykon a ver duas vezes o cartão amarelo: primeiro numa falta sobre Platini e depois por palavras ao árbitro.

O Santa Clara fixou o resultado em 3-1 sobre o minuto final, num cruzamento de Moreira para André Simões que surgiu solto de marcação.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.