O novo treinador dos "estudantes", André Villas Boas, não poderia ter uma estreia mais auspiciosa com apenas quatro treinos ministrados, pois, além de seguir em frente na competição, a sua equipa ganhou novo fôlego para a visita ao FC Porto no próximo domingo.

Miguel Fidalgo, aos 41 minutos, e Tiero, aos 45, maracaram para os "estudantes", que viram Pires, aos 52, reduzir para os visitantes.

Com a entrada de Lito na Académica, o jogo ganhou mais rapidez e foi numa bola perdida na pequena área, dividida entre o cabo-verdeano e Miguel Fidalgo, que este último aproveitou para empurrar o esférico, inaugurando o marcador, à passagem do minuto 41.

Mesmo a encerrar a primeira metade, aconteceu um grande golo de Tiero, uma verdadeira "bomba" desferida no vértice direito da grande área. Estava feito o 2-0, mesmo antes do apito do árbitro para descanso.

Aos 51 minutos, Pires obrigou de novo Rui Nereu a defesa aplicada e, um minuto depois, desferiu um novo golpe, reduzindo para 2-1, ao aproveitar um bom centro de Ben Traoré.

Na meia-hora final, a equipa da casa geriu o resultado favorável, com o técnico André Villas Boas a meter Paulo Sérgio para o lugar de Cris, para dar mais consistência ao meio-campo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.