O Benfica, finalista vencido da última edição, venceu, este sábado, por 1-0 no terreno do Paredes, interrompendo assim uma série de três jogos sem vencer, incluindo duas derrotas consecutivas no campeonato.

Samaris marcou, aos 26 minutos, o único golo do encontro, avançado assim para a quarta eliminatória da prova rainha do futebol português.

Os encarnados, terceiros da I Liga, voltaram a defrontar o Paredes, 35 anos depois de terem garantido o apuramento para as meias-finais da Taça em 1984/85, com um triunfo por 3-0, no terreno da equipa nortenha, atual segunda classificada da Série C do Campeonato de Portugal.

Tal como seria de esperar, Jorge Jesus apresentou uma verdadeira 'revolução' na sua equipa inicial. Facundo Ferreyra não jogava pelos encarnados desde o dia 29 de janeiro de 2019, tendo sido emprestado um ano e meio ao Espanhol, onde fez 36 partidas e 9 golos. O treinador do Benfica estreou Helton Leite, João Ferreira, Tiago Araújo e Daniel dos Anjos.

Aos 26 minutos, Cervi converteu um livre para o Benfica e, num cabeceamento certeiro, Samaris colocou a bola na baliza da equipa do Campeonato de Portugal, sem hipótese para o guarda-redes Marco Ribeiro. Este foi o único golo da partida.

Uma primeira parte de controlo absoluto por parte do emblema lisboeta. O Paredes soltou-se a partir dos 35 minutos, tendo conseguido um remate interessante e um canto. A segunda parte continuou a um ritmo lento, mas sem grandes sinais de preocupação para o lado dos encarnados.

O Benfica assegurou a qualificação para a fase seguinte, na qual também já estão FC Porto e Sporting de Braga. A quarta eliminatória da Taça de Portugal está agendada para o fim de semana de 12/13 de dezembro.

Veja o resumo do jogo!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.