O Benfica mantém a intenção de não activar os bilhetes enviados para o FC Porto para o encontro da segunda mão da Taça de Portugal de futebol, garantiu à Agência Lusa fonte do clube da Luz.

A mesma fonte confirmou que o FC Porto tem uma dívida de 24.500 euros (17.000 por danos no autocarro e 7.500 por direitos de formação de Pelé), noticiada hoje pelo Correio da Manhã.

Os 3.750 bilhetes enviados para o Dragão apenas serão activados, de acordo com a mesma fonte, caso o FC Porto liquide a dívida.

Caso isso não aconteça, o sector onde deveriam estar os adeptos dos “dragões” ficará vazio.

O Benfica, que tem uma vantagem de 2-0, recebe a 20 de Abril o FC Porto, na segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.