Declarações de Bruno Pio, guarda-redes do Montalegre, e de Tony Silva, treinador do emblema transmontano, após a derrota com o FC Porto, na Taça de Portugal.

Tony Silva

Análise ao jogo: "Estou extremamente orgulhoso pela romaria de pessoas que nos vieram apoiar. Unimos as pessoas do interior a vir aqui a um estádio mítico. Sabíamos que seria difícil, mas pedi aos meus jogadores coragem e para não darmos um chutão para a frente. Dignificámos o clube e se calhar até pecámos por ousadia em alguns momentos, mas foi o que pedi aos meus jogadores. Agradeço aos adeptos e estou muito orgulhoso dos meus jogadores."

Resultado pesado: "Dou os parabéns ao FC Porto, que foi melhor, e desejou-lhes o melhor para terça na Champions. Gostava que tivéssemos feito um golinho. Não tenho nada a apontar aos meus jogadores."

Preferia jogar aberto e perder por 4-0 ou meter o autocarro e perder por 1-0? "Prefiro totalmente a resposta que demos hoje. Não faz sentido jogar com o autocarro e chutão para a frente. Não íamos valorizar qualquer atleta. Mostrámos que há qualidade. O que mais desejo é que os meus jogadores consigam contratos. Para isso tínhamos de ser audazes. Os jogadores cumpriram à letra e tentaram sair a jogar. A primeira ocasião até foi nossa. Mas a qualidade individual do FC Porto e a intensidade são muito superiores. Os meus jogadores lutaram, só nao tivemos a capacidade de contrariar o FC Porto."

Bruno Pio

Análise ao jogo: "Estou muito orgulhoso com o que fizemos, muito contente com o que produzimos. Não é qualquer equipa que vem ao Dragão e faz o jogo que nós fizemos. O jogo foi o que foi. Quisemos sair a jogar de trás e isso abre muitos espaços. O FC Porto é um dos maiores clubes do mundo, consegue marcar golos após aproveitar espaços onde nós pensamos que não existem."

Explicações para a goleada: "Aproveitaram os nosso erros na fase de construção. Foi um grande jogo da nossa parte. Estiveram três grandes equipas em campo. A equipa de arbitragem esteve à altura."

O FC Porto, vencedor das duas últimas edições, qualificou-se hoje para os oitavos de final da Taça de Portugal de futebol, ao golear em casa o Montalegre, do Campeonato de Portugal, por 4-0.

Na quarta eliminatória e perante uma equipa do quarto escalão, os 'dragões' marcaram pelo inglês Danny Namaso (13 minutos), pelo brasileiro Evanilson (18 e 44) e pelo espanhol Fran Navarro (62).

Sem cair na quarta eliminatória desde 2016/17, o FC Porto, 19 vezes vencedor da Taça, junta-se ao Vizela, também da I Liga, no lote de equipas apuradas para os oitavos de final.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.