Benfica e FC Porto defrontam-se este sábado no derradeiro jogo da 80.ª edição da Taça de Portugal, numa final diferente do habitual: sem público, sem bifanas, sem sardinhas, sem convívio no Vale do Jamor.

A pandemia de COVID-19 obrigou a final da 'Prova Rainha' a mudar-se para Coimbra esta época. Pela primeira vez em 23 anos, a festa do futebol fica longe do Estádio Nacional.

Para que mate as saudades do Jamor e das grandes finais de início de verão, o SAPO Desporto mergulhou nos arquivos e recorda neste artigo todas as finais da Taça de Portugal desde 2009.

2009: FC Porto 1-0 Paços de Ferreira

O FC Porto conquistou a sua 14.ª Taça de Portugal depois de bater o Paços de Ferreira, que chegava pela primeira vez na sua história à final da prova. Lisandro Lopéz fez o único golo da partida aos seis minutos.

2010: Desportivo das Chaves 1-2 FC Porto

2010 viu o Jamor receber uma equipa fora da principal divisão do futebol nacional pela última vez até hoje. O Desportivo das Chaves, da Liga de Honra (atual II Liga) chegava à final já despromovido para a II divisão B (atual Campeonato de Portugal) e encontrava pela frente ao FC Porto, que chegava á final pelo terceiro ano consecutivo. Guarín e Falcão apontaram os golos do 'dragão', Paulo Clemente reduziu para os flavienses.

2011: FC Porto 6-2 Vitória de Guimarães

Na quatra presença consecutiva na final do jamor, o FC Porto encontrou e goleou o Vitória de Guimarães. Na final com mais golos dos últimos 11 anos, os 'dragões' venceram os 'conquistadores' por 6-2 e levantaram o troféu pela 3.ª vez consecutiva. James Rodríguez apontou um hat-trick, Varela, Rolando e Hulk apontaram os restantes tentos 'azuis e brancos'. Pelo Vitória SC marcaram Álvaro Pereira (autogolo) e Edgar Costa.

2012: Académica 1-0 Sporting

43 anos depois, a Académica de Coimbra voltava a uma final do Jamor, para defrontar o Sporting no derradeiro jogo. Um golo de Marinho, aos quatro minutos foi suficiente para pintar a festa em tons de negro, com o emblema de Coimbra, que venceu a primeira edição da 'Prova Rainha' em 1939, voltar a levantar o troféu, 73 anos depois.

2013: Vitória de Guimarães 2-1 Benfica

Oito anos depois da última vez, o Benfica regressava à final do Jamor numa época que até então tinha sido para esquecer: os 'encarnados' perderam o campeonato e a final da Liga Europa, mas o drama não tinha acabado. Frente ao Vitória de Guimarães - que chegava a sua sexta final - o Benfica esteve a ganhar desde os 30 minutos, após golo de Gaitán.

Os encarnados dominaram o jogo, mas em dois minutos tudo mudou e graças aos golos de Soudani (80') e Ricardo Pereira (82'), o Vitória SC levantou a primeira Taça de Portugal da sua história.

2014: Benfica 1-0 Rio Ave

Depois do desastre da época anterior, o Benfica regressava ao Jamor já com o título de campeão nacional e a Taça da Liga 'no bolso' e tinha a oportunidade de fazer o 'triplete' pela primeira vez em Portugal. Frente ao Rio Ave, que chegava à sua primeira final da Taça desde 1984, os 'encarnados' chegaram ao golo por Gaitan aos 14 minutos, suficiente para garantir a conquista do troféu.

2015: Sporting 2-2 SC Braga (3-1 nos penáltis)

Sete anos depois, o Sporting regressava à final da Taça de Portugal para defrontar o SC Braga, que regressava ao derradeiro jogo depois de 17 anos. Numa final imprópria para cardíacos, Éder (sim, esse mesmo), fez o primeiro golo para os bracarenses aos 16 minutos, na conversão de grande penalidade. Rafa. aos 25', aumentou a vantagem do conjunto que era na altura comandado por Sérgio Conceição.

O Braga manteve-se em vantagem até para lá do minuto 90, apesar do golo de Slimani, aos 84', ter feito renascer a esperança 'leonina'. Ao cair do pano (90+2), Freddy Montero fez o golo que voltou a colocar tudo igual na partida. Na marca de 11 metros, o Sporting levou a melhor e conquistou o primeiro troféu desde 2008.

2016: FC Porto 2-2 SC Braga (2-4 nos penáltis)

Depois da final perdida no ano anterior, o SC Braga regressava ao Jamor, desta vez para defrontar o FC Porto, que voltava ao Jamor 5 anos depois. Contudo, e olhando para a ficha de jogo, parece que em parte 2015 se voltou a repetir: o SC Braga chegou a estar a ganhar por 2-0 (Rui Fonte aos 12' e Josue aos 58'), mas um bis de André Silva (61' e 91') atirou o jogo para o prolongamento e para penáltis, mas é aqui que as semelhanças com o ano anterior acabam para o SC Braga, que bateu o FC Porto por 2-4 na marca dos 11 metros e conquistou a sua 2.ª Taça de Portugal, a primeira em 50 anos.

2017: Benfica 2-1 Vitória de Guimarães

Quatro anos depois, Benfica e Vitória de Guimarães voltavam-se a encontrar na final do Jamor. Se da última vez os 'conquistadores' saíram por cima, com Rui Vitória ao comando, desta vez foram derrotados pelos 'encarnados' comandados por... Rui Vitória. Jiménez aos 48' e Salvio aos 53' fizeram os golos das 'águias' que ainda viram os vimaranenses reduzir por Zungu, aos 79 minutos.

2018: Desportivo das Aves 2-1 Sporting

A final da Taça de Portugal de 2018 ficará ligada ao ataque à academia de Alcochete que aconteceu dias antes do Sporting entrar em campo, contra o Desportivo das Aves, que chegava à final pela primeira vez na sua história. Alexandre Guedes marcou para os avenses aos 16 e 72 minutos, Montero ainda reacendeu a esperança 'leonina' com um golo aos 85 minutos, mas o Desportivo das Aves acabou por conquistar a primeira Taça de Portugal da sua história.

2019: Sporting 2-2 FC Porto (5-4 nos penáltis)

Um ano depois da derrota frente ao Aves, o Sporting regressava ao Jamor à procura da desforra, mas pela frente encontrava um FC Porto à procura da sua primeira Taça de Portugal desde 2011. Soares, aos 40 minutos, apontou o primeiro golo da partida mas ainda antes do final do primeiro tempo viu Danilo a colocar a bola na própria baliza e a retomar a igualdade no marcador.

O empate persistiu nos 90 minutos e mais golos só no prolongamento. Bas Dost fez o 2-1 aos 101 minutos que deixou o 'leão' perto da Taça. Contudo, o FC Porto chegou ao empate já nos descontos, aos 120+1' e levou o encontro para grandes penalidades. O Sporting saiu por cima, vencendo por 5-4 e levantando a 17.ª Taça de Portugal da sua história.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.