A Administração do clube diz que “a deficiente qualidade do relvado do Estádio Carlos Osório coloca em causa a integridade física dos jogadores”, bem como refere a falta “de condições de segurança adequadas ao desafio em questão”.

Além disso, o FC Porto reclama da “lotação anormal após a retirada das cadeiras: dos 1670 lugares sentados aprovados no  âmbito das competições da Liga (…) passou-se (…) para uma lotação de 3400 espectadores.

Assim, o clube acredita que “esta nova configuração pode trazer situações imprevisíveis”e, como tal, informa que “vai devolver todos os bilhetes à AF Porto (Associação de Futebol do Porto) que lhe foram destinados, até para não enganar os portistas interessados em assistir ao jogo”.

A Oliveirense recebe o FC Porto, sábado, às 14:30, em jogo da quarta eliminatória da Taça de Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.