O Benfica venceu no Seixal o Leipzig por 2-1 no primeiro jogo da fase de grupos da UEFA Youth League.

Os golos foram marcados por Tiago Dantas e Tiago Araújo para os encarnados e por Holm a favor do Leipzig, no jogo que contou com a titularidade de Morato, reforço contratado ao São Paulo na última janela de transferências.

O jogo começou equilibrado, com ascendente para o Leipzig, mas os encarnados foram os primeiros a fazer o marcador mexer. Após falta de Amededejisso, Tiago Dantas, capitão do Benfica, foi chamado para a marcação de um livre direto e marcou-o de forma exímia, com a bola a desviar na barreira do Leipzig e a entrar na baliza dos alemães.

Depois do golo, o Benfica ficou por cima e contou com várias oportunidades para chegar ao segundo golo logo após o primeiro, com o defesa do Leipzig a impedir em cima da linha o golo de Ronaldo Camará.

Aos 25 minutos, Jorge Maciel foi obrigado a mudanças na equipa após lesão de Gonçalo Ramos. Para o seu lugar o treinador do Benfica lançou Tiago Araújo.

O Leipzig ainda ameaçou por duas vezes aos 32 minutos num pontapé de canto e aos 44' quando Borkwoski, após cruzamento, tentou o remate mas a bola saiu muito ao lado.

A intervalo ambas as equipas tinham o mesmo número de remates, mas com o Benfica a ter mais enquadrados à baliza (três contra um do Leipzig).

Alexander Blessin promoveu uma alteração ao intervalo, com a saída de Hartmann e a entrada de Bias. Aos 52 minutos o Benfica esteve muito perto de marcar e novamente por Dantas, com o remate do capitão a bater com estrondo no poste.

Numa altura em que a equipa da casa estava a crescer e logo após a grande chance de aumentar a vantagem, o Benfica viu o Leipzig chegar ao empate, numa jogada de contra-ataque a terminar com o forte remate de Holm que fez abanar as redes das ‘águias’ pela primeira vez.

Depois do golo do empate, o Benfica foi à procura do 2-1 e cresceu bastante no jogo. Os encarnados apresentavam um grande caudal ofensivo enquanto que o Leipzig se limitava ao contra-ataque, mas a nunca chegar com perigo à grande área benfiquista.

Aos 66 minutos, o treinador dos alemães fez uma dupla substituição com a saída de Wosz e Amededejiss e a entrada de Winter e Schulz. Após a alteração o Leipzig cresceu no jogo e teve uma grande oportunidade aos 80 minutos com Winter a falhar de forma incrível em frente à baliza completamente aberta, já com Celton Biai fora do caminho.

Neste lance Pedro Álvaro, que tentou tirar a bola dos pés de Winter, acabou lesionado e teve de ser rendido por Tomás Araújo.

O golo da vitória 'encarnada' acabou por surgir na reta final da partida, e novamente de livre direto. Aos 87 minutos, após falta de Krauß à entrada da área, Tiago Araújo desferiu um remate muito bem colocado, não dando hipótese de defesa ao guarda-redes do Leipzig.

Com este resultado o Benfica fica no segundo lugar do grupo G, com os mesmos pontos que o Olympique de Lyon que venceu o Zenit por 4-2, com os franceses em vantagem na classificação devido à diferença de golos.
O próximo jogo do Benfica é na Rússia frente ao Zenit no próximo dia 2 de outubro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.