Depois de ter sofrido, segunda-feira, uma paragem cardiorrespiratória durante o treino do FC Porto, Alfredo Quintana, guarda-redes da equipa de andebol dos 'dragões e da seleção de Portugal, encontra-se internado no hospital de São João, em coma induzido.

Segundo avança esta terça-feira o jornal 'O Jogo', o andebolista luso-cubano está entubado e com prognóstico muito reservado. De acordo com aquela publicação, as primeiras 24 horas serão decisivas, tal como os dias seguintes.

O FC Porto, recorde-se, deu ontem no seu site oficial pormenores sobre o sucedido. "O atleta de andebol Alfredo Quintana sofreu durante o treino de hoje uma paragem cardiorrespiratória, tendo sido prontamente assistido com o apoio de uma viatura do INEM. Depois de estabilizado, foi transportado para o Hospital de São João, onde se encontra internado", informou o clube azul e branco.

Já esta terça-feira, os 'dragões' fizeram nova atualização sobre a situação de Quintana. "O pensamento de todos no FC Porto está com Alfredo Quintana, que ontem sofreu uma paragem cardiorrespiratória quando se preparava para começar mais um treino no Dragão Arena. O guarda-redes da equipa de andebol foi reanimado e estabilizado no local e transportado para o Hospital de São João, onde se encontra internado na Unidade de Cuidados Intensivos", pode ler-se na newsletter 'Dragões Diário'.

Quintana, de 32 anos, representa o FC Porto desde 2010. Nascido em Havana, Cuba, naturalizou-se naturalizou-se português e representa a seleção nacional de andebol desde 2014.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.