A seleção portuguesa de equipas mistas de judo perdeu hoje para a Itália a medalha de bronze dos Jogos Europeus, cedendo no embate decisivo por 4-0, na Polónia.

Diogo Brites (+90 kg), Ana Agulhas (-57 kg), João Crisóstomo (-73 kg) e Taís Pina (-70 kg) foram derrotados nos seus combates, falhando assim o desejado bronze por uma equipa que contava ainda com Carolina Paiva (+70 kg), Saba Danelia (-73 kg), Diogo Luís (-90 kg) e Vasco Rompão (+90 kg).

Portugal começou por bater a Bulgária por 4-1, na ronda de 32, seguindo-se novo êxito, por igual 4-1, frente à Grécia. O primeiro dissabor aconteceu nos quartos de final, na derrota contra os Países Baixos, por 4-0, que remeteu a equipa nacional para a repescagem na luta pelo bronze, contra a Hungria.

Depois de triunfo por 4-3 sobre os magiares, o sonho de medalha na prova que vale por Campeonato da Europa ruiu frente aos transalpinos em Krynica-Zdrój, a duas horas de viagem de Cracóvia.

“Tivemos uma prestação incrível, Portugal esteve muito bem como equipa. Éramos ‘underdogs’ [o oposto de favoritos], se calhar fomos uma surpresa para muitas seleções”, declarou à Lusa João Crisóstomo, o mais experiente da seleção e único que já tinha estado nuns Jogos Europeus.

Portugal “quer sempre a medalha”, afirmou, mas “nem sempre é possível”, considerando que a equipa “está toda de parabéns, porque se conseguiu superar”.

“Tínhamos muito jovens que hoje se conseguiram mostrar, e isso é muito bom. Quer dizer que Portugal até com as suas segundas linhas consegue feitos como os de hoje”, acrescentou.

O judo lutava pela quarta medalha em Jogos Europeus, depois do ouro de Telma Monteiro em Baku2015 e do bronze em Minsk2019, onde as equipas mistas levaram também a prata.

Portugal soma 15 pódios em Cracóvia2023, com os três ouros, as sete pratas e os cinco bronzes já conquistados.

A terceira edição dos Jogos Europeus decorre até domingo em Cracóvia e na região polaca de Malopolska, com 30 modalidades no programa e 48 países participantes, incluindo Portugal, que tem uma delegação com mais de duas centenas de atletas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.