Jéssica Augusto derrotou no sábado todas as suas colegas de equipa na prova de 3.000 metros do ‘Meeting’ Vítor Tavares, em Faro, que abriu o Circuito de ‘Meetings’ de Portugal 2019.

Nesta prova, o Sporting colocou todas as suas meio-fundistas em confronto direto para a escolha dos elementos que irão fazer parte da equipa que defenderá o título de Europeu de clubes, na final que decorrerá no último fim de semana de maio, em Espanha.

Jéssica Augusto venceu a prova em 9.06,48 minutos, impondo-se no ‘sprint’ final a Sara Moreira (9.07,55), com todas as outras sportinguistas nas posições imediatas. Catarina Ribeiro foi terceira (9.17,93), Ana Mafalda Ferreira quarta (9.19,43) e Carla Salomé Rocha quinta (9.23,45).

A prova masculina de 3.000 metros também foi interessante, com o sub-23 Isaac Nader, do Benfica, a triunfar em 8.01,66 minutos, à frente do seu colega de equipa Samuel Freire (8.07,86).

Atrás, ficaram os juniores Etson Barros, do Benfica (8.18,14), Rogério Amaral, de Sobral de Ceira (8.20,59), e Duarte Gomes, do Benfica (8.20,61), todos com marcas de qualificação para os Europeus da categoria.

Na velocidade, destaque para o triunfo da cubana Arialis Martinez, esposa do ‘triplista’ Pedro Pichardo, com a marca de 11,82 segundos, na final dos 100 metros (vento: 0,0 m/s).

Martinez bateu a jovem júnior benfiquista Catarina Lourenço, que correu a final em 11,91 segundos, ficando a um escasso centésimo da marca de qualificação para os Europeus sub-20.

Ainda na velocidade feminina, a sportinguista Cátia Azevedo conseguiu a melhor marca nacional do ano nos 200 metros, correndo em 24,09 segundos, e a júnior Catarina Lourenço correu em 24,42, ficando a 12 centésimos da qualificação para os Europeus sub-20.

Outros internacionais portugueses estiveram em competição, com Tsanko Arnaudov, do Benfica, a vencer o lançamento do peso, com 19,47 metros, e Marcos Chuva a triunfar no comprimento, com 7,32 metros (vento: -0,7 m/s), derrotando o seu colega de equipa Ivo Tavares (7,28 m, v: -0,1 m/s).

No comprimento feminino, triunfo da sportinguista Patrícia Mamona, com a marca de 6,23 metros (vento: +0,8 m/s).

Em masculinos, o brasileiro Ricardo Souza, do Benfica, venceu os 100 metros em 10,40 segundos (vento: +0,8 m/s) e ainda os 200 metros, em 21,27 segundos (v: +0,6), ‘rebocando’ o júnior Delvis Santos, também do Benfica, que terminou com 21,43, marca de qualificação parra os Europeus sub-23.

Por seu lado, o benfiquista Mauro Pereira, nos 400 metros, correu em 47,77 segundos, obtendo a marca de qualificação para o Europeu sub-23.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.