A corrida/marcha virtual destinada a assinalar o 99.º aniversário do Beira-Mar foi adiada do final do mês para março, devido à evolução da pandemia de covid-19, anunciou hoje o clube de Aveiro.

“A organização do evento entende que não devemos promover uma atividade que possa colocar em risco os cidadãos, numa altura em que a ordem é ficar em casa. Assim, entende o clube, o patrocinador e os demais dirigentes que não estão reunidas as condições para a realização da atividade em segurança e sem colocar em risco os participantes”, refere um comunicado publicado na página oficial do Beira-Mar, no Facebook.

O “Beira-Mar 99 virtual challenge”, que inclui uma corrida de 10 quilómetros, para pessoas com mais de 18 anos, e uma marcha de cinco quilómetros, iria decorrer entre os dias 28 e 31 de janeiro.

Apesar de não haver atualmente qualquer impedimento para os participantes correrem individualmente nas ruas, o presidente do Beira-Mar, Hugo Coelho, diz que não querem ser a exceção, mas sim “a parte da solução”.

“A nossa responsabilidade leva-nos a ter o máximo de cuidado e a proporcionar um evento que realmente seja uma festa”, disse o dirigente, adiantando que a prova virtual deverá ter lugar nos dias 19, 20 e 21 de março.

Hugo Coelho assegurou ainda que “todas as 15 modalidades [do clube] estão envolvidas e continuam motivadas” para que o evento seja um sucesso.

“Temos aproximadamente 500 inscrições das mais variadíssimas partes do mundo o que nos deixa também muito contentes”, afirmou.

A mesma nota refere que os participantes na prova virtual que pediram o ‘Kit’ via CTT vão receber o mesmo já a partir da próxima semana. Os outros receberão na semana do evento, em local, data e horário a comunicar posteriormente.

O “Beira-Mar 99 virtual challenge” é um evento desportivo virtual em que todos podem participar, respeitando as medidas de segurança do covid-19, ao mesmo tempo que celebram ativamente o aniversário do clube.

De acordo com o regulamento da prova, em Portugal os participantes não podem correr em grupos e devem evitar o afastamento da sua área de residência. Já os atletas estrangeiros devem cumprir os protocolos das autoridades de saúde dos seus respetivos países de residência ou, dos locais onde se encontram no momento da realização da prova.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.058.226 mortos resultantes de mais de 96,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, que está de novo em confinamento geral, morreram 9.465 pessoas dos 581.605 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto