O queniano Nicholas Bett, campeão mundial dos 400 metros barreiras em 2015, em Pequim, morreu hoje na sequência de um acidente de viação na região de Nandi, no Quénia.

A informação foi avançada pela polícia local e pela família do atleta, de 28 anos, explicando que o automóvel de Bett se despistou e acabou por capotar.

O atleta fez história nos Mundiais de 2015, em Pequim, ao tornar-se o primeiro queniano a ganhar um título internacional em distância inferior a 800 metros, numa carreira em que foi também duas vezes medalha de bronze nos campeonatos africanos.

A Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) já reagiu à morte de Bett, com “tristeza profunda e comoção”, lembrando que o atleta foi “uma das maiores surpresas dos Mundiais de Pequim, quando ganhou o ouro, com recorde queniano de 47,49 segundos, então a melhor marca mundial de 2015”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.