Portugal vai voltar às Universíadas de Inverno 24 anos depois, com a participação de Ricardo Brancal nas provas de slalom e slalom gigante de esqui alpino, comunicou hoje a Federação Académica do Desporto Universitário (FADU).

O esquiador natural da Covilhã, de 22 anos, disputa a competição de slalom gigante em 08 de março, três dias antes de concorrer na disciplina de slalom na cidade russa de Krasnoiarsk, na região da Sibéria.

Em declarações citadas pela FADU, Ricardo Brancal, campeão nacional absoluto e campeão nacional universitário de esqui alpino, espera conseguir um lugar nos 50 primeiros classificados das duas provas, mas reconhece “o elevado nível competitivo deste evento” e “as condições de treino dos adversários”.

A missão lusa é coordenada pela FADU, em parceria com a Federação de Desportos de Inverno de Portugal, e constitui a primeira participação do país nas Universíadas ao fim de 24 anos, após as presenças de Rosa Lã no downhill, em 1966, na cidade italiana de Sestriere, e de Pedro Flávio em 1995, já sob a égide da FADU, em Jaca, na Espanha, também em slalom e slalom gigante.

De acordo com o presidente da FADU, Daniel Monteiro, a terceira presença portuguesa nas Universíadas de Inverno é histórica, “não só por aquilo que representa Portugal regressar a uma competição como esta 24 anos depois, mas também pela importância que esta assume no desenvolvimento desportivo do atleta em questão”.

Cotado como o melhor português no ‘ranking’ internacional da disciplina de slalom gigante, Ricardo Brancal participou no domingo nos Mundiais de esqui alpino, obtendo a 48.ª e última posição na final de slalom decorrida em Are, na Suécia, com o tempo total de 3.04,66 minutos, depois de ter feito 1.33,06 na primeira manga e 1.31,60 na segunda.

A partida da comitiva nacional para a maior competição multidesportiva de Inverno do desporto universitário está agendada para 04 de março, tendo regresso previsto no dia 12 do mesmo mês.

A 29.ª edição das Universíadas de Inverno decorre entre 02 e 12 de março em Krasnoyarsk, na Rússia, e junta cerca de 3.000 estudantes-atletas de todo o mundo, repartidos por onze modalidades.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.