O técnico da seleção angolana sénior feminina de basquetebol, Jaime Covilhã, renunciou esta segunda-feira ao cargo, na sequência do fracasso no Campeonato Africano das Nações Afrobasket 2017, disputado em Bamako, (Mali).

A decisão foi tomada pelo próprio técnico após incumprimento dos objetivos traçados pela direção da Federação Angolana da modalidade (FAB), que passava pelo resgate do título perdido para o Senegal, em 2015.

O cinco angolano, que terminou na sexta posição, teve um percurso de invencibilidade na fase de grupos e viu-se impedido de atingir às meias-finais após consentir derrota diante das moçambicanas nos quartos de final.

A angolana Italli Lucas foi eleita a melhor base da competição, enquanto a seleção angolana recebeu o premio fair-play.

A Nigéria conquistou o título vencendo na final a seleção do Senegal, enquanto o Mali ocupou a terceira posição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.