O Sporting venceu hoje o Gottingen por 84-83, nas meias-finais do Grupo A de qualificação para a Taça da Europa de basquetebol, ficando a um triunfo da fase de grupos a competição.

O jogo foi decidido em cima da ‘buzina’, com Travante Williams a concretizar o lance livre decisivo sem tempo para jogar, decidindo a partida por um ponto em Mitrovica, no Kosovo.

Foi um jogo equilibrado ao longo dos quatro períodos, no qual os ‘leões’ melhoraram no segundo tempo, com grande exibição de Marcus LoVett e Williams, para seguirem em frente.

Na final, os lisboetas vão defrontar os Antuérpia Giants, que hoje venceram o AEK Larnaca por 76-60, no mesmo Minatori Sports Hall, e, em caso de vitória, seguem para o Grupo G.

Um primeiro período equilibrado (17-16) deu lugar a uma superioridade que se vinha adivinhando no segundo, com os alemães a vencerem esse parcial por 24-21 e ampliarem a vantagem.

Na segunda metade, o acerto nos ‘triplos’, sobretudo por LoVett, e o habitual acerto de Travante Williams faziam frente a Mark Smith, norte-americano de 23 anos que acabou com 20 pontos, 10 ressaltos e cinco assistências nos germânicos.

Do lado dos ‘leões’, as melhores estatísticas foram mesmo de Lovett, com 25 pontos, três ressaltos e duas assistências, e Williams, com 18 pontos, seis ressaltos e três assistências.

Um ‘triplo’ de Javon Bess, a nove segundos do fim, ainda igualou a partida (83-83), logo depois de Lovett falhar um de dois lances livres – se encestasse ambos, teria colocado a vantagem em quatro pontos –, o que parecia ‘condenar’ o encontro a tempo extra.

Em cima da ‘buzina’, o árbitro marcou, porém, uma falta sobre Travante Williams e, chamado a converter, o internacional luso acertou o primeiro lance livre, selando o triunfo dos ‘leões’.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.