O ciclista australiano Jai Hindley (DSM), segundo classificado na edição de 2020, abandonou hoje a Volta a Itália em bicicleta, antes do arranque da 14.ª etapa, que liga Cittadella ao Monte Zoncolan.

Longe do nível apresentado em outubro de 2020 e com uma lesão que torna difícil estar sentado na bicicleta, Hindley acabou por desistir antes dos 205 quilómetros de uma etapa que termina numa contagem de primeira categoria.

"Evidentemente, não era assim que queria que o meu Giro terminasse. A equipa fez tudo para me ajudar, mas a situação não melhorou e eu não consigo continuar", disse.

O australiano, de 25 anos, era o 25.º classificado da geral, a 17.42 minutos do líder, o colombiano Egan Bernal (INEOS).

Também os holandeses Dylan Groenewegen e David Dekker (Jumbo-Visma) desistiram antes da etapa de hoje, em que o frio e a chuva são esperados no final.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.