O ciclista australiano Caleb Ewan (Lotto Soudal) venceu a segunda etapa e assumiu a liderança do Tour Down Under, destronando o irlandês Sam Bennett (Deceuninck-QuickStep).

O novo líder, vencedor de três etapas no Tour, impôs-se ao ‘sprint’, no final dos 135,8 quilómetros entre Woodside e Stirling, ao sul-africano Daryl Impey (Mitchelton-Scott) e ao compatriota Nathan Hass (Cofidis), segundo e terceiro na tirada, respetivamente, após 3:27.31 horas.

Uma queda massiva afetou vários corredores nos últimos dois quilómetros da etapa, entre os quais o italiano Elia Viviani (Cofidis), campeão da Europa, o australiano Richie Porte (Trek-Segafredo) e, especialmente, o britânico Simon Yates (Mitchelton-Scott), vencedor da Vuelta em 2019, cuja continuidade em prova depende da gravidade do toque sofrido no joelho.

João Almeida (Deceuninck-QuickStep) foi o 105.º a cruzar a linha de chegada, 5.21 minutos depois do vencedor, e ocupa o 109.º lugar da classificação geral, a 5.31.

Ewan lidera em igualdade com Bennett, vencedor da primeira etapa, e com um segundo de vantagem sobre Impey, terceiro classificado. O belga Jasper Philipsen (UAE-Emirates) segue no quarto posto, a quatro segundos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.