Portugal saiu da Arena Castelão, na madrugada desta quarta-feira, com uma derrota tangencial por 2-1 diante do Brasil num jogo que ficou marcado pelo reencontro de Ricardinho com Falcão na mesma quadra.

Apesar da derrota o jogador português mostrou-se feliz por ter defrontado o seu ídolo de sempre.

"Estamos muito felizes por ter jogado aqui, ainda para mais contra o meu ídolo. Agora há que esperar um novo encontro para breve", disse Ricardinho à Sportv brasileira.

Já Falcão reconheceu não estar na sua melhor forma, e salientou a importância de o Brasil ter vencido um grande adversário: Eu já agradeço o facto de ter conseguido voltar a jogar. Hoje já me fui soltando um pouco mais, mas estou longe da forma ideal. Queria muito ter participado nesta partida. Já fico feliz de estar voltando. Vencemos uma grande equipa, um adversário direto do próximo Mundial".

Apesar dos seus 38 anos, o astro brasileiro não pretende parar de jogar e já aponta baterias para o Mundial da modalidade que decorrerá em 2016 na Colômbia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.