As portuguesa Teresa Portela e Joana Vasconcelos classificaram-se hoje em oitavo lugar na final de K2 500 dos Mundiais de canoagem, que decorrem em Montemor-o-Velho, obtendo a mesma posição do K4 1.000 masculino.

Depois de terem feito história, ao levarem pela primeira vez um K2 500 feminino à regata das medalhas de um Mundial, Teresa e Joana completaram a prova em 1.49,665 minutos, ficando a 6,600 segundos das húngaras Anna Kárász e Danuta Kozák.

As campeãs olímpicas bateram as campeãs mundiais, as neozelandesas Lisa Carrington e Caitin Ryan, por 23 milésimos de segundo, e foi necessário recorrer ao ‘photo-finish’ para determinar as vencedoras. As alemãs Joasmin Fritz e Steffi Kriegerstein arrecadaram o bronze, ficando a 2,524.

A dupla portuguesa resguardou-se na parte final da prova, pois ainda hoje se junta a Francisca Laia e Francisca Carvalho no K4 500 que também procura apuramento olímpico, a decidir nos mundiais de 2019 na Hungria.

Na final direta de K4 1.000, os jovens Luís Ferreira, João Pereira, Igor Pinho e Ruben boas foram oitavos, em 3.11,665, a 13,718 segundos da equipa da Alemanha, que bateu a Eslováquia e Espanha.

O terceiro dia dos Mundiais fica marcado pelo inédito título mundial de Fernando Pimenta em K1 1.000, depois de o tricampeão da Europa ter conquistado o bronze em 2015 e a prata em 2017.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.