Cinco halterofilistas, entre os quais dois campeões olímpicos, foram suspensos provisoriamente após reanálise das amostras de urina recolhidas nos Jogos Olímpicos Londres2012, anunciou hoje a federação internacional (IWF).

O ucraniano Oleksiy Torokhtiy, campeão olímpico em 2012 na categoria de 105 kg, e o uzbeque Ruslan Nurudinov, que lhe sucedeu no Rio2016, acusaram o recurso a testosterona, acrescenta o organismo, em comunicado.

No entanto, apenas Torokhtiy poderá perder o título olímpico, uma vez que as amostras analisadas remontam a 2012.

O azeri Valentin Hristov, que também acusou testosterona, pode ficar sem a medalha de bronze conquistadas em 56 kg em Londres2012.

Os outros suspensos são a arménia Meline Daluzyan e o bielorusso Mikalai Novikau, que tiveram controlo adverso a testosterona e também stanozolol, um esteroide anabiolizante.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.