O espanhol Juan Antonio Samaranch vai ocupar, de forma interina, a presidência da comissão de coordenação do Comité Olímpico Internacional (COI) para os Jogos de Inverno e Paralímpicos Pequim2022, substituindo um dirigente russo, suspenso pelo COI.

Alexander Zhukov, membro do COI e presidente do Comité Olímpico da Rússia, bem como Dmitry Chernyshenko, ex-presidente do comité russo e diretor-executivo do comité organizador dos Jogos de Inverno Sochi2014, foram suspensos na terça-feira devido à dopagem institucionalizada no país.

Apesar de não estarem diretamente implicados no escândalo, que tem mantido o atletismo russo fora das grandes competições internacionais, os dois responsáveis foram punidos por não terem evitado os danos à integridade dos Jogos Olímpicos.

Assim, Chernyshenko foi substituído por Ser Miang Ng como membro da comissão permanente do COI, enquanto Chernyshenko cedeu o seu lugar a Juan Antonio Samaranch, filho do antigo presidente do COI entre 1980 e 2001.

Na terça-feira, o COI anunciou o impedimento de a Rússia participar em Pyeongchang2018 como nação, devido à dopagem institucionalizada no país, admitindo que os atletas russos possam competir na Coreia do Sul sob a bandeira olímpica, mediante condições específicas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.