Os Mundiais de natação, previstos para o verão de 2021 no Japão, foram adiados para maio de 2022, face ao adiamento por um ano dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, devido à pandemia de COVID-19.

Os Mundiais de natação, que estavam agendados para Fukuoka, na ilha de Kyushu, ao sul do Japão, foram recalendarizados para o mesmo local, mas no período entre 13 e 29 de maio de 2022, indicou a Federação Internacional (FINA).

A competição, que contempla, além das distâncias em piscina, provas em águas livres, saltos para a água, natação sincronizada e polo aquático, estava inicialmente prevista para o período entre 16 de julho e 01 de agosto de 2021.

Essa data tornou-se difícil de manter a partir do momento em que se decidiu adiar os Jogos Olímpicos de Tóquio deste ano, devido ao novo coronavírus, com o Comité Olímpico Internacional a definir as datas entre 23 de julho e 08 de agosto de 2021.

“Depois de contactarmos as partes interessadas […], não temos dúvidas que a decisão oferecerá as melhores condições possíveis a todos os participantes”, adiantou o presidente da FINA, o uruguaio Júlio Maglione.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 245 mil mortos e infetou mais de 3,4 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de um milhão de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.