A equipa de râguebi da Académica vai cumprir isolamento, depois de terem sido detetados dois casos de infeção pelo novo coronavírus em dois jogadores, levando ao adiamento dos jogos da equipa de Coimbra, anunciou no sábado a federação.

Em comunicado, a Federação Portuguesa de Rugby (FPR) deu conta do adiamento dos jogos da Académica frente ao CDUP, em Coimbra, para a Divisão de Honra e dos Challenge, por indicação da delegada de saúde do agrupamento dos centros de saúde do Baixo Mondego, Alcida Gomes Silva.

“Cumprindo o protocolo da FPR para a realização dos jogos desta competição, foram efetuados testes rápidos de deteção do SARS-CoV-2 da Abbott, tendo sido detetados dois atletas com resultado positivo”, lê-se na mensagem federativa.

Face a estes casos de infeção, à “situação epidemiológica atual”, ao facto de o râguebi “ser considerada “uma modalidade de alto risco, e os jogadores terem participado num treino no dia 15 de outubro de 2020 [na quinta-feira]”, a responsável sanitária determinou que “os jogadores da Académica fiquem em isolamento profilático, bem como a equipa técnica que venha a ser considerada como tendo contactos com exposição de alto risco”.

Em comunicado, a secção de râguebi da Académica lamentou “os constrangimentos causados à equipa do CDUP, à equipa de arbitragem e da RugbyTV que se deslocaram a Coimbra, pelo adiamento do jogo decorrente do isolamento profilático decretado pela delegada de saúde (…), após a comunicação de 2 casos sintomáticos e 1 assintomático positivos”, acrescentando que “foram testados mais 43 atletas todos com resultado negativo”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.