O surfista brasileiro Gabriel Medina garantiu hoje o título mundial, ao alcançar a final no Billabong Pipe Masters, no Havai, repetindo o feito que já tinha alcançado em 2014.

Gabriel Medina (16,27 pontos) superiorizou-se ao sul-africano Jordy Smith (15,83 pontos) nas meias-finais da competição e assegurou a disputa da final daquela que é considerada a prova rainha do surf, além de ser a última etapa do ano do circuito mundial, o que lhe deu os pontos necessários para ser coroado como campeão da Liga Mundial de Surf (WSL) em 2018.

O surfista brasileiro chegou ao Havai na primeira posição do 'ranking' mundial e conseguiu manter esse lugar, apesar da forte concorrência do australiano Julian Wilson, assegurando o título da WSL e tornando-se o primeiro surfista brasileiro a sagrar-se bicampeão do mundo de surf, depois do título em 2014.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.