O português Frederico Morais bateu hoje o havaiano Ezekiel Lau na 10.ª bateria da terceira ronda do Meo Pro Portugal, a primeira de um dia que promete um verdadeiro ‘show’ de surf na Praia de Supertubos, em Peniche.

‘Kikas’ conseguiu uma pontuação de 11,67 nas duas melhores ondas (6,67 e 5), em 20 pontos possíveis, enquanto o rival fez 10,73 (6,50 e 4,23), e qualificou-se para a ‘ronda dos 16’, devendo voltar ainda hoje à água.

“Há altas ondas, mas não está fácil. Aqui de fora veem-se mais ondas, mas lá dentro não está fácil encontrar a onda certa. Mas felizmente eu consegui encontrar, fiz as minhas duas notas e passei à próxima ronda”, afirmou aos jornalistas o único português que integra o circuito principal da Liga Mundial de Surf (WSL, na sigla inglesa).

Frederico Morais, que dedicou muitas horas de treino nas ondas tubulares de Supertubos e tem um grande conhecimento deste pico, destacou a qualidade do seu oponente, Ezekiel Lau, e antecipou que as condições do mar vão ficar espetaculares quando a maré virar e começar a encher.

“Acredito que agora vai ficar um bocado mais difícil com a maré a vazar, mas uma vez que dê a volta, acredito que iremos ter condições épicas. De manhã, já vimos ótimas ondas, continuamos a ver, vai haver uma altura em que a maré vai estar toda vazia e vai ser mais complicado, é normal, é conhecido que aqui em Supertubos não é bom com a maré toda vazia, mas acredito que o mar vai continuar incrível para o resto do dia”, vaticinou o atleta cascalense.

O período de espera do MEO Pro Portugal presented by Rip Curl, na Praia de Supertubos, em Peniche, começou na quinta-feira e prolonga-se até 13 de março.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.