Os surfistas Jordy Smith e Ítalo Ferreira vão discutir a final do Meo Rip Curl Pro Portugal, em Peniche, e vão lutar também pelo primeiro lugar no 'ranking' da Liga Mundial de Surf (WSL).

O sul-africano Jordy Smith (15,83 pontos) venceu a primeira bateria das 'meias', frente ao japonês Kanoa Igarashi (12,66), enquanto o brasileiro Ítalo Ferreira (15,43) - que venceu em Peniche no ano passado - bateu o seu compatriota Caio Ibelli (14,86), e vai defender o título em Supertubos.

Além disso, após a eliminação do ‘canarinho’ Filipe Toledo nos quartos de final, eram os únicos surfistas em prova que poderiam tirar a 'licra amarela' a Gabriel Medina, o brasileiro que é campeão do mundo em título e o único que se poderia sagrar campeão mundial já em Peniche, mas que caiu nos 'oitavos'.

Como ambos se apuraram para a final - os dois conseguem este feito pela terceira vez em Peniche [apenas Ítalo venceu, em 2018] -, é certo que vai haver mudanças na liderança da WSL, com o vencedor a assegurar o primeiro lugar na entrada para a última etapa do ano, que vai ser disputada em Pipeline, no Havai.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.