O tenista português Frederico Silva qualificou-se hoje para a segunda eliminatória do torneio de qualificação para o Open da Austrália, primeiro Grand Slam de 2021, ao impor-se em dois ‘sets’ ao eslovaco Lukas Lacko.

Em Doha, onde decorre a fase de qualificação para o ‘major’ australiano, Frederico Silva, 182.º classificado do ranking mundial, bateu na ronda inaugural um tenista posicionado ligeiramente abaixo na hierarquia da ATP (200.º), por 6-3 e 6-2, após uma hora e 27 minutos de confronto.

Na segunda eliminatória, correspondente às meias-finais do torneio, o número quatro português vai defrontar o vencedor do encontro entre o italiano Matteo Viola, número 220.º do mundo, e o sérvio Nikola Milojevic, 138.º do ranking e 18.º pré-designado do ‘qualifying’.

Frederico Silva, de 25 anos, teve mais sorte do que o compatriota João Domingues, que foi afastado no domingo na estreia no torneio de qualificação para a prova australiana, ao perder com o checo Tomas Machac, por 6-3 e 6-1.

Os portugueses João Sousa e Pedro Sousa têm entrada direta no quadro principal do torneio de Melbourne, que vai ser disputado entre 08 e 21 de fevereiro, com fortes restrições devido à pandemia de covid-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.