O tenista português João Sousa terá um 'qualifier' como primeiro adversário no US Open, o último torneio do 'Grand Slam' da temporada, que vai decorrer entre 27 de agosto e 09 de setembro em Nova Iorque.

O sorteio foi efetuado na quinta-feira, mas como a fase de qualificação só termina durante o dia de hoje, o vimaranense e número um português ainda não sabe qual dos 16 jogadores oriundos do 'qualifying' vai defrontar.

João Sousa, 67.º do 'ranking' mundial, será o único português no quadro principal do 'major' nova-iorquino, depois da eliminação de Gastão Elias na primeira ronda da fase prévia, e tem como melhor resultado em Flushing Meadows a terceira ronda (2013 e 2016).

Entre os favoritos, o espanhol e número um mundial, Rafael Nadal, vai iniciar a defesa do título do US Open diante do compatriota David Ferrer, antigo 'top 5' mundial, que, aos 36 anos, anunciou já o final da carreira, previsto para 2019. Se a lógica dos favoritos imperar, Nadal poderá encontrar nos quartos de final o sul-africano Kevin Anderson, numa reedição da final do US Open de 2017.

O segundo melhor jogador da hierarquia ATP, o suíço Roger Federer, vai estrear-se contra o japonês Yoshihito Nishioka, de 22 anos e 177.º ATP. Em perspetiva, não havendo surpresas entre os favoritos, Novak Djokovic poderá ser o adversário do suíço na ronda dos quartos de final, depois do recente encontro na final do Masters 1000 de Cincinnati.

O sérvio chega motivado a Nova Iorque com a conquista do Golden Masters, em Cincinnati, e o regresso aos títulos do 'Grand Slam' em Wimbledon, ao passo que Roger Federer, aos 37 anos, detém cinco vitórias em Flushing Meadows.

Juan Martin Del Potro, campeão em 2009 e terceiro cabeça de série, espera ainda por um 'qualifier' na mesma metade do quadro de Rafael Nadal, na qual consta também Grigor Dimitrov. O búlgaro e oitavo pré-designado terá porventura um dos maiores desafios da primeira ronda, enfrentado o suíço Stan Wawrinka, campeão do US Open em 2016, com quem perdeu na jornada inaugural este ano em Wimbledon.

A fechar o lote dos quatro primeiros cabeças de série, o alemão Alexander Zverev, que reforçou a sua equipa técnica com Ivan Lendl (antigo campeão de oito torneios do Grand Slam), inicia a sua participação ante um 'qualifier' e um possível duelo nos 'quartos' poderá colocá-lo frente ao croata Marin Cilic, campeão do US Open em 2014.

Nos femininos, a expectativa recai sobre o possível encontro nos oitavos de final entre a número um mundial Simona Halep e Serena Williams. Antes disso, porém, a norte-americana de 36 anos, campeã de 23 torneios do 'Grand Slam' (seis em Nova Iorque), pode ser obrigada a medir forças na terceira ronda com a irmã mais velha, Venus Williams, bicampeã do US Open em 2000 e 2001.

A romena Halep, por seu turno, estreia-se frente a Kaia Kanepi, da Estónia, esperando tirar o melhor partido do momento de forma que nas últimas semanas a levou ao título em Montreal, jogando ainda a final de Cincinnati no passado domingo.

Já a campeã em título, Sloane Stephens tem encontro marcado na primeira ronda com a russa Evgeniya Rodina, enquanto a atual campeã de Wimbledon e quarta cabeça de série, a alemã Angelique Kerber, defronta a russa Margarita Gasparyan.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.